Sergio Moro declara apoio a Bolsonaro no 2° turno

Em 26 de setembro deste anoo senador eleito pediu votos aos eleitores do presidente

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

-Publicidade-
O então ministro da Justiça, Sergio Moro, durante entrega do pacote anticrime, na Comissão de Constituição e Justiça do Senado - 27/03/2019  | Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
O então ministro da Justiça, Sergio Moro, durante entrega do pacote anticrime, na Comissão de Constituição e Justiça do Senado - 27/03/2019 | Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O ex-juiz Sergio Moro (União-PR), senador eleito pelo Paraná, declarou nesta terça-feira, 4, apoio ao presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL).

“Lula não é uma opção eleitoral, com seu governo marcado pela corrupção da democracia”, escreveu o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública no Twitter. “Contra o projeto de poder do PT, declaro, no segundo turno, o apoio para Bolsonaro.”

No domingo 2, Moro foi eleito senador com 33,5% dos votos (1.953.188). O ex-juiz desbancou os candidatos Paulo Martins (PL-PR) e o então senador Alvaro Dias (Podemos). Ambos com 29,12% e 23,94% dos votos, respectivamente.

-Publicidade-

Sergio Moro foi ministro nos primeiros anos do governo Bolsonaro, mas deixou a administração em 2020, em meio à pandemia do covid-19, alegando suposta interferência do presidente no comando da Polícia Federal (PF). A denúncia do ex-juiz deflagrou investigação do Judiciário, mas, na última semana, a Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu arquivamento do processo.

Durante uma conversa com jornalistas, hoje, Bolsonaro afirmou que tudo o que houve entre ele e Moro foi superado. “Está superado tudo, é daqui para a frente um novo relacionamento”, disse.

Em 26 de setembro deste ano, durante um debate promovido pelo jornal Gazeta do Povo, Moro pediu votos aos eleitores do presidente. “Falo aos eleitores do Bolsonaro e do (governador) Ratinho (PSD)”, disse. “A eleição no Paraná está polarizada. Tem a minha candidatura de centro-direita, que defende o combate à corrupção e ao crime organizado, contra o Lula e contra o PT. Do outro lado, temos a candidatura do senador Alvaro Dias, que fez uma aliança com o Partido Socialista Brasileiro, que está fechado com o PT.”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

10 comentários Ver comentários

  1. AVISO!!
    Não vai adiantar NADA se não barrarem o algoritmo da FRAUDE…. MG.
    Estão todos MUDOS..até o BOZO….OK!
    Mas fizeram o golpistas ENTENDEREM que se tentarem de novo o bixo vai pegar?!?
    Ou eles vão fazer de novo em Minas ,Nordeste e agora os PLANOS é fazer em São Paulo.

  2. Não vejo o mínimo indício de arrependimento ou de uma compreensão diferente de Moro.
    Moro é o que é, é de esquerda, doutrina mor dos cursos de Direito, com cabeça de esquerda e agindo como esquerdista. Apenas não protegeu o boi-de-piranha da esquerda xucra regional para acabar beneficiando a esquerda globalizada via FHC.
    Moro jamais poderia ser levado ao Congresso.
    Enquanto Ministro da Justiça concordou (não se manifestou contrariamente) às arbitrariedades das Policias a mando de Prefeitos, Governadores e Ministros do STF, bem como Moro, num dos piores momentos do País, debaixo de uma pandemia e envolto em narrativas para derrubar o Presidente da República, covardemente o apunhalou pelas costas.
    É, além de tudo, um traíra!

  3. Ex-Juiz, implacável na luta contra a CORRUPÇÃO é um exemplo a ser seguido por todos aqueles que desejam um Pais melhor para se viver e morar.

  4. Concordo pois o Mestre Político Churchill já ensinou se Hitler invadir o Inferno faço acordo com o Diabo!
    Lula ladrão seu lugar é na Prisão!

  5. Homem integro e inteligente, pode ser o futuro presidente do Brasil.
    Nessa hora sombria escolheu o lado certo e se posicionou.
    Ganhou muitos com o movimento de direita.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.