Visita de Tarcísio Gomes de Freitas a Paraisópolis acaba com troca de tiros

Candidato informou ter sido atacado por criminosos

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

-Publicidade-
O candidato a governador de SP Tarcísio Gomes de Freitas, ao sair escoltado da favela de Paraisópolis, depois de uma troca de tiros - 17/10/2022 | Foto: Reprodução/Globo
O candidato a governador de SP Tarcísio Gomes de Freitas, ao sair escoltado da favela de Paraisópolis, depois de uma troca de tiros - 17/10/2022 | Foto: Reprodução/Globo

Ao visitar a favela de Paraisópolis nesta segunda-feira, 17, o candidato ao governo de São Paulo Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos) foi surpreendido por uma troca de tiros. A Revista Oeste confirmou a informação com a equipe do ex-ministro da Infraestrutura do governo Jair Bolsonaro.

Além de Freitas, jornalistas acompanhavam a agenda do candidato e ficaram abaixados em uma sala no local. O ex-ministro Tarcísio deixou Paraisópolis acompanhado por seguranças e com escolta em uma van. Todos passam bem.

Em entrevista ao portal G1, Osvaldo Nico Gonçalves, delegado-geral da Polícia Civil de São Paulo, disse que algumas viaturas do Grupo Armado de Repressão a Roubos e do Departamento de Operações Policiais Estratégicas foram enviadas à comunidade para investigar o ocorrido com o ex-ministro.

-Publicidade-

“Em primeiro lugar, estamos todos bem”, escreveu Tarcísio Gomes de Freitas, no Twitter. “Durante visita ao Primeiro Polo Universitário de Paraisópolis, fomos atacados por criminosos. Nossa equipe de segurança foi reforçada rapidamente com atuação brilhante da Polícia Militar do Estado de São Paulo. Um bandido foi baleado. Estamos apurando detalhes sobre a situação.”

O governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB), pronunciou-se sobre a troca de tiros. “Acabei de falar com Tarcísio”, informou Garcia. “Ele e sua equipe estão bem. A Polícia Militar agiu rápido e garantiu a segurança de todos. Determinei a imediata investigação do ocorrido.”

No primeiro turno das eleições, Tarcísio recebeu 9.178.828 votos (42,59% dos votos válidos), contra 35,46% de Fernando Haddad (PT). Já Rodrigo Garcia (PSDB), recebeu 18,40% dos votos válidos e está fora da disputa.

Leia também: “Ditadura em construção”, artigo de J.R. Guzzo publicado na Edição 133 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

19 comentários Ver comentários

  1. Demonstração clara em que lado o povo brasileiro vai ficar. Está tudo muito claro os dois lados são muitos antagônicos.
    Só não me venha dizer que a culpa é de Bolsonaro.

  2. Então… essa é a democracia que a esquerda prega. Eles matam e pronto! Está resovido.
    Aliás, armas só para os “Mano”. Para o povo não.

  3. Perguntamos aos candidatos ao governo de São Paulo como acabar com a Cracolândia, reduto de viciados no centro da capital paulista. Veja o que eles responderam:

    *Fernando Haddad (PT):* Essa população de viciados não pode ficar na rua, vamos alugar apartamentos para eles morarem no centro de São Paulo e lhes dar algum dinheiro para comprarem comida.

    *Tarcísio de Freitas (Republicanos):* É necessario promover o acolhimento para reinserção social, com desintoxicação, capacitação, geração de trabalho e renda. Melhorar as condições das comunidades terapêuticas, com proximidade à natureza. Criar “portas de saída” como programas de inserção de pessoas em situação de rua, ex-dependentes e egressos do sistema prisional no mercado de trabalho formal, principalmente em empresas parceiras e em obras contratadas e/ou concedidas pelo Estado.

    https://revistaoeste.com/politica/eleicoes-2022/cracolandia-o-que-dizem-os-programas-dos-candidatos-ao-governo-de-sp/

  4. PT e PCC são farinhas do mesmo SACO…e farinha VENCIDA!

    O cerco com essas facções esta se fechando e com mais 4 anos do BOZO …elas perdem 80% do seu poder atual..
    PODER esse conquistado com a atuação da CNBB, ONGs do Julinho boquinha de veludo atuante na CRACO, e O NAGASHI FUROKAWA e ALEXANDRE DE MORAES que fizeram acordo com PCC para dominar as cadeias.

    QUEM VOTA em LADRÃO…
    não TEM DESCULPAS…. LADRÃO também É.

  5. Ué o nine vai no Alemão sem colete e nada acontece, o Tarcísio vai em Paraisópolis e sofre atentado. Das duas uma, ou a equipe de segurança do nine é altamente eficiente ou o nine é coligado com a facção!

  6. Essa é a “democracia” do PT… um tal de Celso Daniel conhece (ou conhecia) bem esses métodos!!
    Essa é a tolerância, o respeito à diversidade e o “amor” que a esquerda prega!!
    ódio do bem que chama né???

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.