Em manifesto, jogadores da seleção negam ação política, mas criticam Copa América

'Somos contra a organização da Copa América, mas nunca diremos não à Seleção Brasileira', afirmaram
-Publicidade-
Brasil X Paraguai em 8/6/2021 | Foto: Lucas Figueiredo/CBF
Brasil X Paraguai em 8/6/2021 | Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Os jogadores da seleção brasileira divulgaram na noite de terça-feira 8 um manifesto contra a realização da Copa América no Brasil. Eles disseram que em nenhum momento quiseram tornar a discussão política e afirmaram que não houve tentativa de boicote à competição.

Os jogadores adotaram um tom brando e ressaltaram que têm “uma missão a cumprir com a histórica camisa verde-amarela pentacampeã do mundo”. “Somos contra a organização da Copa América, mas nunca diremos não à Seleção Brasileira”, escreveram.

-Publicidade-

Leia mais: “CPI da Covid aprova convocações de Osmar Terra e auditor do TCU”

A Copa América tem início agendado para domingo. Em Brasília, no Estádio Mané Garrincha, às 18 horas, a seleção brasileira enfrenta a Venezuela. No mesmo dia, às 21 horas, Colômbia e Equador duelarão na Arena Pantanal, em Cuiabá.

Leia o manifesto na íntegra

“Quando nasce um brasileiro, nasce um torcedor. E para os mais de 200 milhões de torcedores escrevemos esta carta para expor nossa opinião quanto à realização da Copa América.

Somos um grupo coeso, porém com ideias distintas. Por diversas razões, sejam elas humanitárias ou de cunho profissional, estamos insatisfeitos com a condução da Copa América pela Conmebol, fosse ela sediada tardiamente no Chile ou mesmo no Brasil.

Todos os fatos recentes nos levam a acreditar em um processo inadequado em sua realização.

É importante frisar que em nenhum momento quisemos tornar essa discussão política. Somos conscientes da importância da nossa posição, acompanhamos o que é veiculado pela mídia e estamos presentes nas redes sociais. Nos manifestamos, também, para evitar que mais notícias falsas envolvendo nossos nomes circulem à revelia dos fatos verdadeiros.

Por fim, lembramos que somos trabalhadores, profissionais do futebol. Temos uma missão a cumprir com a histórica camisa verde-amarela pentacampeã do mundo. Somos contra a organização da Copa América, mas nunca diremos não à Seleção Brasileira.”

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site