Em tom de campanha, Bolsonaro participa de ato com Malafaia no Pará

Presidente exibiu camiseta com os dizeres: 'É melhor Jair se acostumando: Bolsonaro 2022'; apoiadores gritaram 'Lula ladrão!'
-Publicidade-
O presidente Jair Bolsonaro exibiu camiseta que antecipava sua candidatura à reeleição
O presidente Jair Bolsonaro exibiu camiseta que antecipava sua candidatura à reeleição | Foto: Reprodução/YouTube

O presidente Jair Bolsonaro participou nesta sexta-feira, 18, de uma cerimônia de entrega de títulos de propriedade rural, em Marabá, no Pará, em evento que teve clima de campanha eleitoral. O ato contou com a presença do pastor Silas Malafaia, apoiador do presidente.

Bolsonaro exibiu uma camiseta em que estava escrito: “É melhor Jair se acostumando: Bolsonaro 2022”, em alusão à sua provável candidatura à reeleição no ano que vem.

Leia mais: “‘Tinha uns traíras do meu lado’, diz Bolsonaro sobre apoios em 2018”

-Publicidade-

Os apoiadores do presidente entoaram palavras de ordem e gritos de “Lula ladrão!”. O petista, que teve suas condenações anuladas no âmbito da Lava Jato pelo Supremo Tribunal Federal (STF), recuperou os direitos políticos e pode se candidatar em 2022.

Além de Malafaia, acompanharam Bolsonaro na cerimônia os deputados Marco Feliciano (Republicanos-SP) e Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) e os ministros Tarcísio Gomes de Freitas (Infraestrutura) e Tereza Cristina (Agricultura), além do advogado-geral da União, André Mendonça.

Leia mais: “Bolsonaro afirma que está ‘pagando a conta’ dos governos do PT”

Em seu pronunciamento, Bolsonaro voltou a criticar prefeitos e governadores pelas restrições impostas durante a pandemia de covid-19. “Nosso direito de ir e vir é sagrado. Nosso direito ao trabalho também, nossa liberdade de culto… E eu lamento que muitos governadores do Brasil usurparam isso e fecharam o comércio, obrigando o povo a ficar em casa, decretando lockdown e também toque de recolher”, afirmou.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

8 comentários Ver comentários

  1. Booooa JMB. Apenas seja cuidadoso e redobre a segurança. Tem muito vagabundo querendo te esfaquear pelas costas ou de frente mesmo. Ja nao chega os tantos que te esfaqueram alem do adelio. Lembremos: frota, doriana calcinha, joyce pepa pig, major olimpio-rih (rest in hell), bebibano (rih), e outros que, grarraDeus, nem lembro mais.
    Fechado contigo o Boca Aberta. Adoro teu estilo de ‘mandar na lata’ desses comunas. Deus no comando!!

  2. O presidente mais impopular da história do país mais uma vez promove uma enorme aglomeração em seu favor. Alguém para esse genocida, pelo amor de Deus.

    1. Concordo, já se saindo candidato desde do primeiro mês de mandato, tem que ser muito estúpido para apoiar um sem escrúpulo e incompetente. Esse daí só terá os fanáticos para voltar nele, teremos 600.000 mortes e ainda fala em cloroquina e é hidrocloroquina.

  3. A “facada” pode ser de vários tipos. Não foi uma nem duas vezes que infiltrados entre os apoiadores deixaram Bolsonaro em situação vulnerável. Acho que, a partir de agora, além de seguranças “físicos”, são necessários seguranças “jurídicos”, para prevenir as ciladas que a extrema esquerda costuma armar. Quem entregou a camiseta a ele? Alguém filmou? Ele, por si, tem declarado textualmente que não é nem pré-candidato ainda, embora todos saibam que essa é quase uma certeza.

  4. Só espero que o Presidente seja bem assessorado para que não deixe brecha para uma cassação, pois eles não fazem outra coisa, a não ser observar com olhos de águia. Presidente não dê sorte ao azar.

  5. Sugiro que o lula faça o mesmo, saia na rua e abrace p povão, já que as pesquisas dão a ele mais de 30% das intenções de voto. #vemprarualuladrão

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.