Embaixador da Argentina: estão distorcendo a resposta do governo brasileiro

'Como um homem político, eu sei que se trata de um momento sensível, com muita disputa política', disse
-Publicidade-
Embaixador da Argentina no Brasil, Daniel Scioli | Foto: Reprodução/Redes Sociais
Embaixador da Argentina no Brasil, Daniel Scioli | Foto: Reprodução/Redes Sociais

O embaixador da Argentina no Brasil, Daniel Scioli, disse nesta quinta-feira, 30, que a recusa do governo brasileiro ao envio de ajuda humanitária à Bahia está sendo distorcida por causa do ambiente político no país.

O governo Alberto Fernández ofereceu dez profissionais especializados nas áreas de logística, água, saneamento e apoio psicossocial para vítimas de desastres naturais.

-Publicidade-

“Como um homem político, sei que se trata de um momento sensível, com muita disputa política e, no ano que vem, haverá eleições presidenciais”, disse, ao jornal O Estado de S. Paulo.

“O governo federal nos comunicou a recusa, em termos muito respeitosos, de acordo com o que é hoje a relação entre Brasil e Argentina, baseada na cooperação e na existência de uma agenda positiva”, destacou.

Daniel Scioli afirmou que, “em nenhum momento isso vai em detrimento nem da relação com a Argentina nem do espírito de solidariedade para com o Estado da Bahia”.

Mais cedo, pelas redes sociais, o presidente brasileiro justificou por que o governo brasileiro recusou uma oferta de ajuda humanitária da Argentina.

Bolsonaro disse que “o fraterno oferecimento argentino, porém muito caro para o Brasil, ocorre quando as Forças Armadas, em coordenação com a Defesa Civil, já estavam prestando aquele tipo de assistência à população afetada, inclusive com o apoio de três helicópteros”.

Segundo ele, “por essa razão, a avaliação foi de que a ajuda argentina não seria necessária naquele momento, mas poderá ser acionada oportunamente, em caso de agravamento das condições”.

O presidente finalizou dizendo que “a resposta do Ministério das Relações Exteriores à Embaixada Argentina é clara a esse respeito” e afirmando que o governo brasileiro “está aberto a ajuda e doações internacionais”.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.