-Publicidade-

Estados do Nordeste têm subutilização da força de trabalho acima de 40%

Por outro lado, os menores resultados no ano foram os de Santa Catarina, Mato Grosso e Paraná
Movimentação na rua 25 de março em 08/03/2021
Movimentação na rua 25 de março em 08/03/2021 | Foto: Isabella Finholdt/Estadão Conteúdo

O IBGE divulgou nesta quarta-feira, 10, que a taxa média anual de subutilização da força de trabalho no Brasil ficou em 28,1% em 2020, mas superou os 40% em Estados nordestinos como o Piauí (46,4%), Alagoas (45,1%) e Maranhão (44,9%).

Por outro lado, os menores resultados no ano da pandemia foram os de Santa Catarina (11,8%), Mato Grosso (17,7%), Paraná (18,9%) e Rio Grande do Sul (19,0%).

Leia mais: “Brasil e Argentina extinguem 31 barreiras comerciais”

A taxa de subutilização da força de trabalho é composta, por exemplo, pelo porcentual de pessoas desocupadas e subocupadas por insuficiência de horas trabalhadas.

O IBGE também divulgou que vinte Estados bateram recorde na taxa média de desemprego no ano passado.

Com informações do Estadão Conteúdo

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.