‘Estão dobrando a aposta’, diz Eduardo sobre críticas da imprensa a Bolsonaro

'Está cada vez mais claro que o problema não é o presidente. E ele se torna o representante dessa população', diz o deputado
-Publicidade-
O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) participou do <i>Opinião no Ar</i>, da RedeTV!
O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) participou do Opinião no Ar, da RedeTV! | Foto: Reprodução/YouTube

Em entrevista ao programa Opinião no Ar, exibido nesta segunda-feira, 27, pela RedeTV!, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) afirmou que, ao contrário do que indicam as pesquisas divulgadas recentemente por institutos como o Datafolha, o presidente Jair Bolsonaro conta com apoio cada vez mais expressivo da população brasileira.

Bolsonaro completa hoje mil dias como presidente da República. Segundo Eduardo, parte da grande imprensa não esconde sua oposição ao atual governo.

Crítica: Nem Tudo Se Desfaz é registro histórico sobre o Brasil da última década”

-Publicidade-

“Existe uma parte da imprensa que parece que não entende o que aconteceu em 2018 e tenta dobrar a aposta”, afirmou o deputado. “Se você mostra nas pesquisas que o Lula ganha de todo mundo, que a máscara é apoiada pela maioria das pessoas… Eles ainda acham que esse mundo que criaram é o mundo real”, prossegue Eduardo. 

“Cada vez mais pessoas estão indo às ruas. Eles estão dobrando o efeito de 2018, quando as pessoas estavam revoltadas com a corrupção do PT. […] Está cada vez mais claro para a população que o problema não é o presidente. E ele se torna o representante dessa população. Ao contrário do ‘Lulinha paz e amor’, Jair Bolsonaro não fala o que o povo quer ouvir. Ele fala o que o povo quer falar.”

Eduardo Bolsonaro comentou também sobre a moderação do discurso do presidente, principalmente depois das manifestações do 7 de Setembro em apoio ao governo. “Não sei o que o presidente falou com [Michel] Temer ou qualquer autoridade que seja. Eu não falo em nome do presidente. O que eu percebo é que, ao que parece, após o 7 de Setembro, todos estão mais focados em colocar adiante temas que importam ao país, muito mais do que aumentar qualquer tipo de tensão”, disse. 

Leia também: “Governo Bolsonaro completa mil dias”

“Esse tom do presidente, na verdade, é um tom que ele sempre manteve. Quem está sendo preso por opinião, quem está vendo líderes partidários sendo presos, somos nós, conservadores. É óbvio que se espera uma reação a isso tudo”, completou Eduardo. 

Covid-19

Na entrevista, o deputado do PSL de São Paulo falou ainda sobre o diagnóstico positivo para covid-19. Eduardo e sua esposa contraíram o novo coronavírus, mas passam bem.

Leia mais: “Eduardo Bolsonaro informa que está com coronavírus”

“Estou bem. Só não sei se posso falar, nos tempos estranhos em que estamos vivendo, o que tenho feito para ficar bem. Mas acho que as pessoas já imaginam”, afirmou o parlamentar, referindo-se ao chamado tratamento precoce contra a doença. 

“Assim que eu comecei o tratamento, no dia seguinte eu já melhorei. Nós começamos um tratamento muito barato que já dá resultado. Felizmente, estamos muito bem”, afirmou. 

Leia também: “Após casos em comitiva, Bolsonaro testa negativo para a covid-19”

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.