Ex-chefe da Secom nega interferência de Bolsonaro em campanhas sobre covid-19

'Se tivesse ocorrido qualquer interferência, eu pegaria minha mala e voltaria para minha empresa em São Paulo', afirmou Fabio Wajngarten
-Publicidade-
Fabio Wajngarten, ex-chefe da Secom, presta depoimento à CPI da Covid no Senado
Fabio Wajngarten, ex-chefe da Secom, presta depoimento à CPI da Covid no Senado | Foto: Agência Senado/Flickr

Em depoimento à CPI da Covid nesta quarta-feira, 12, o ex-secretário de Comunicação da Presidência Fabio Wajngarten negou qualquer interferência de Jair Bolsonaro em campanhas publicitárias relacionadas ao enfrentamento da pandemia de covid-19.

“Se tivesse ocorrido qualquer interferência [de Bolsonaro], eu pegaria minha mala e voltaria para minha empresa e minha família em São Paulo. O presidente nunca pediu que se fizesse campanha de nenhum tipo sobre nenhum tema. Jamais”, afirmou o ex-chefe da Secom ao responder a uma questão do senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da comissão.

“A Secom entrou com quatro campanhas, o Ministério da Saúde com sete campanhas, sempre de forma integrada, de acordo com a evolução do conhecimento da pandemia”, completou Wajngarten.

-Publicidade-

Leia também: “Senador afirma que é hora de CPI da Covid mirar a artilharia nos Estados”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário

  1. O Presidente Bolsonaro tem o direito de interferir em qualquer instituição que está sobre sua responsabilidade. Afinal quem manda nas quengas de um puteiro é o dono. E por qual motivo o presidente Jair Messias Bolsonaro não pode interferir no que está sobre sua responsabilidade?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro