Ex-presidente do Senado, Alcolumbre pede reembolso de meio milhão de reais

Dos R$ 513,6 mil apresentados em faturas, 85% dizem respeito a gastos relacionados à divulgação do seu mandato
-Publicidade-
Davi Alcolumbre comandou o Senado entre 2019 e 2021
Davi Alcolumbre comandou o Senado entre 2019 e 2021 | Foto: Pedro França/Agência Senado

O ex-presidente do Senado Davi Alcolumbre apresentou à Casa um pedido de reembolso de mais de meio milhão de reais referente a gastos de 2020, informa o colunista Lauro Jardim, de O Globo.

Dos R$ 513,6 mil apresentados em faturas, 85% dizem respeito a gastos relacionados à divulgação do seu mandato. Somente para uma empresa de Macapá, capital do Amapá (Estado de Alcolumbre), o senador declarou ter desembolsado R$ 27,5 mil mensais.

-Publicidade-

Alcolumbre foi eleito presidente do Senado em fevereiro de 2019, no início do governo de Jair Bolsonaro. Ele comandou o Congresso até fevereiro de 2021, quando o senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG) assumiu o posto.

Leia também: “Alcolumbre é eleito presidente da CCJ do Senado”

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

14 comments

  1. O parlamento brasileiro é composto de larápios, que só pensam em locupletar-se à custa dos pagadores de impostos. Trabalho não é com esses vagabundos. O melhor emprego do Brasil, sem sombras de dúvidas, é a política.

  2. Alcolumbre? Cacete?
    Mas desse eu nunca esperava qq coisa contra nós?
    Nem a favor!!!
    Poste de Renan Calheiros é lugar de fazer xici.
    Á PQP um fdp desses, que deixa a família Sarney se meter em sua suíte.

  3. Alcolumbre é o modelo perfeito de político brasileiro! Só gasta o $ público e não faz nada! Até quando vamos ser obrigados a conviver com políticos deste tipo?!!!

  4. É o maior absurdo termos de “reembolsar” um político que absolutamente nada fez pelo país! Ainda que tivesse feito, ele tem salário para isto, é impensável ter despesas pagas! Se ser político é caro, não se jogue à eleição! Seja homem, não um aproveitador!

    1. Isso não é reemboldo. É um assalto escancarado. Absurdo! Absurdo..Absurdo!!! Sermos obrigados a “reembolsar” um político por seus gastos relacionados à divulgação do seu mandato. Nós os pagadores impostos Altíssimos não podemos mais aceitar essas safadezas desses corruptos políticos ladrões

  5. Ninguém nasce senador e nem precisa morrer senador! Se acha que tem prejuízo exercendo o cargo que renuncie e vá fazer outra coisa, ou acaso não sabe fazer nada!

  6. Canalha , continua roubando e só não vê quem não quer. Importante não reelegermos políticos nas próximas eleições , quanto mais pessoas novas maiores são as nossas chances embora existam Joyces e Kins da vida.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site