Facebook remove vídeo que anunciava tratamento precoce em Itajubá, MG

'Não permitimos informações falsas que podem causar danos físicos', diz plataforma
-Publicidade-
Prefeito de Itajubá, Christian Gonçalves, e vice-prefeito Nilo Baracho
Prefeito de Itajubá, Christian Gonçalves, e vice-prefeito Nilo Baracho | Foto: Reprodução

Após a prefeitura de Itajubá, cidade no sul de Minas, anunciar nas redes sociais que iria disponibilizar ivermectina, zinco e vitamina D contra o novo coronavírus, o Facebook decidiu remover o vídeo.

A decisão de oferecer os medicamentos foi tomada pelo prefeito da cidade, Christian Gonçalves, e pelo vice e secretário de Saúde, Nilo Baracho, e começou a valer nesta segunda-feira, 15. Uma farmácia privada forneceu gratuitamente o primeiro lote dos remédios que estão em estudo para o combate à covid-19.

Leia mais: “Lira e Pacheco criticam lockdown absoluto e defendem ‘caminho do meio’”

-Publicidade-

“Não permitimos informações falsas que podem causar danos físicos. Isso inclui informações que organizações de saúde reconhecidas afirmam que podem induzir pessoas a acreditar em formas incorretas de cura ou prevenção de doenças ou desencorajar as pessoas a procurar tratamento médico”, diz o aviso do Facebook.

O vídeo continua disponível em outras redes sociais. A prefeitura de Itajubá informou que os medicamentos estão disponíveis nos postos de saúde e serão prescritos pelos médicos.

De acordo com a gestão municipal, aos primeiros sintomas de covid-19, o paciente deve procurar o posto de saúde. Ele passará por consulta e, se os sintomas forem compatíveis, o médico poderá indicar o tratamento precoce.

 

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

6 comentários

    1. No início da pandemia de 2020, a prefeita da cidade de Granja no Ceará realizou p tratamento precoce para todos os moradores. A medicação era azitromicina, ivermectina, hidroxicloroquina, vitamina D, e óxido de Zinco. Tal a atitude proporcionou a cura de muita.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site