Funarte será comandada temporariamente por ex-assessor de Carlos Bolsonaro

Luciano Querido foi designado como o novo presidente substituto do órgão e deve ajudar a implementar política cultural conservadora no órgão
-Publicidade-
Convocação de Carlos Bolsonaro ficará para depois do Carnaval
Convocação de Carlos Bolsonaro ficará para depois do Carnaval | Convocação de Carlos Bolsonaro ficará para depois do Carnaval

Luciano Querido foi designado como o novo presidente substituto do órgão e deve ajudar a implementar política cultural conservadora no órgão

Um ex-assessor parlamentar do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) assumirá temporariamente a Fundação Nacional das Artes (Funarte). O ato de designação foi publicado nesta quinta-feira no Diário Oficial da União (DOU).

-Publicidade-

Luciano da Silva Barbosa Querido trabalhou com o filho do presidente entre os anos de 2002 e 2017 e atuava como designer gráfico, web designer e social media do gabinete do chamado zero dois. Ele é homem de confiança de Carlos Bolsonaro e deve ajudar a implementar uma política cultural conservadora no órgão.

Na terça-feira última, 5, Querido foi nomeado para a diretoria-executiva do órgão, junto com a recondução de Dante Mantovani à presidência da Funarte. Como o cancelamento do ato em favor de Mantovani, o ex-assessor do vereador Carlos Bolsonaro assumirá temporariamente o órgão.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro