Governo extingue cargo de porta-voz da Presidência

Ação é consequência da recriação do Ministério das Comunicação, afirma Palácio do Planalto
-Publicidade-
Rêgo Barros deixará o governo, pois sua função será extinta | Foto: DIVULGAÇÃO
Rêgo Barros deixará o governo, pois sua função será extinta | Foto: DIVULGAÇÃO | otávio rêgo barros - porta-voz da presidência da República

Ação é consequência da recriação do Ministério das Comunicações, afirma o Palácio do Planalto

otávio rêgo barros - porta-voz da presidência da República
Rêgo Barros deixará o governo, pois sua função será extinta | Foto: DIVULGAÇÃO

O general Otávio do Rêgo Barros deixará o posto de porta-voz da Presidência da República no decorrer das próximas semanas. Ele, entretanto, não será substituído por ninguém. Isso porque o governo federal anunciou na última quarta-feira, 26, que a função será extinta.

-Publicidade-

Leia mais: Quem é o novo ministro das Comunicações?

De acordo com comunicado divulgado pelo Palácio do Planalto, a extinção do cargo se deve à recente “reestruturação da comunicação do governo”, que passou pela recriação do Ministério das Comunicações. Conduzida por Fábio Faria, a pasta foi desmembrada em junho do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações.

“Com a edição da MP 980/20, que criou o Ministério das Comunicações, toda a estrutura do governo relativa à comunicação foi reunida em uma mesma pasta”, informa trecho da nota assinada pela Secretaria de Governo e pelo próprio Ministério das Comunicações.

Leia, abaixo, a íntegra da nota sobre o fim do cargo de porta-voz da Presidência da República

Com a edição da MP 980/20, que criou o Ministério das Comunicações, toda a estrutura do governo relativa à comunicação foi reunida em uma mesma pasta.

Em 14 de agosto, o decreto nº 10.462/20 estabeleceu a estrutura regimental do Ministério das Comunicações e selou a nova concentração de competências e quadro de cargos e funções no que se refere à comunicação de governo.

Diante de toda a reestruturação da comunicação do governo, o cargo de porta-voz da Presidência da República será desativado em novo decreto a ser publicado nas próximas semanas.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários

  1. Parece-me um grande equívoco. O cargo de porta-voz é de suma importância para evitar que o Presidente fique se expondo de forma desnecessária e até temerária aos ataques da extrema imprensa. Presidente não tem que bater boca com pseudo jornalistas, pois acaba invariavelmente caindo em alguma das inúmeras e diárias provocações que lhe são dirigidas. O Porta-voz existe exatamente para amortecer esses choques, além de permitir que seja elaborada uma estratégia de comunicação institucional da Presidência da República.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro