Ives Gandra: ‘Brasil é o único país com corruptores sem corruptos’

Declaração do jurista se refere à absolvição do ex-presidente Lula no caso do sítio de Atibaia, em São Paulo
-Publicidade-
O jurista Ives Gandra Martins
O jurista Ives Gandra Martins | Foto: Divulgação

O Brasil é o único país que tem corruptores, mas não tem corruptos. Essa declaração é do jurista Ives Gandra Martins e foi proferida durante o programa Direto ao Ponto, da rádio Jovem Pan, exibido em 28 de março.

Na ocasião, o jurista comentava um dos processos que envolvem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No mês passado, a Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que o ex-procurador Deltan Dallagnol terá de indenizar o petista por dano moral.

O caso envolve uma entrevista coletiva concedida pela Operação Lava Jato em 2016, para apresentar a primeira denúncia contra o ex-presidente da República. O Ministério Público acusou o petista dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá (SP).

-Publicidade-

“Quem leu a sentença do ex-juiz Sergio Moro, com mais de 230 páginas, sabe que há muitas provas contra Lula”, salientou Ives Gandra. “Três desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região confirmaram isso. O próprio STJ e seis ministros do Supremo Tribunal Federal demonstraram que houve o mensalão e o petrolão durante o governo Lula.”

“Se Lula foi condenado em quatro instâncias por improbidade, é evidente que não pode ter sua honra afetada por alguém ter dito que o ex-presidente é aquilo que os julgadores condenaram”, disse Ives Gandra.

E continuou: “Uma juíza de Brasília absolveu o ex-presidente Lula e outras oito pessoas nesse caso”, lembrou. “E o que foi dito em sua decisão? ‘As provas contra o ex-presidente são incontáveis, há todos os indícios no processo. Mas como estou proibida pelo Supremo Tribunal Federal de analisar essas provas, tenho de absolvê-lo’. Ela mostrou que, se tivesse a possibilidade de analisar as provas, teria condenado Lula. Então, a conclusão é esta: O Brasil é o único país que tem corruptores, mas não tem corruptos.”

Leia mais: “Fachin criou a figura do corruptor sem corrupto”, artigo de J.R. Guzzo publicado em Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

12 comentários Ver comentários

  1. O sentido das coisas atualmente é dado pela vontade dos magistrados do STF e não mais pela lógica e clareza dos textos constitucionais. Fico pensando na reação deles lendo essa matéria. Devem dar de ombros num repulsivo E Daí! O Brasil nunca terá futuro com a atual composição do STF. Essa gente foi colocada lá pela esquerda para fazer exatamente isso. Na cartilha comunista se diz para culpar os outros daquilo q vc é e faz. Pois bem, o STF culpa o atual governo diariamente de ser antidemocrático, quando são eles próprios os maiores usurpadores dos preceitos de nossa constituição.

  2. Só tenho uma pequena observação a fazer no artigo do nosso grande jurisconsulto, esta de ordem apenas semântica. Se refere às figuras dos corruptos, existe o CORRUPTOR que é o elemento ativo e o CORROMPIDO que é o elemento passivo, porém ambos são CORRUPTOS. Um não existe sem o outro. É uma perfeita simbiose. Na prática, geralmente ou via de regra, o agente público é o elemento passivo que sofre o assédio do empreiteiro, lobista, etc… que são os corruptores. Mas o Fachin, numa canetada, eliminou um dos elementos dessa simbiose perfeita. Esse pessoal opera verdadeiros milagres. Impunemente.

  3. BRASIL: Após nota dura do Ministério da Defesa dizendo que a fala do Ministro Barroso na Alemanha “é irresponsável e constitui-se em ofensa grave a essas Instituições”, General Paulo Chagas, crítico ao governo Bolsonaro, publicou em suas redes que: ¨O Min Barroso praticou o crime militar de ofensa às FFAA, Art 219 do Código Penal Militar: Propalar fatos, q sabe inverídicos, capazes de ofender a dignidade ou abalar o crédito das Forças Armadas ou a confiança q estas merecem do público:
    Pena – detenção, de 6 meses a 1 ano.¨.

  4. Sem palavras p expressar o sentimento q norteia a grande maioria da população de bem. Tudo ja foi falado, postado e registrado ao longo desses últimos anos. Entretanto a cobrança sobre a Câmara e Senado tem q ser mais incisiva pois por sua omissão é que se chegou a este extremo.

    1. Cabe a nós em Outubro/22, o que o Congresso Nacional, leia-se covardes, mais temem, o voto. A mudança está em nossas mãos. Devemos lembrar também que, em 2023, o próximo presidente irá escolher mais dois “iluministros”.

  5. Não há como uma provável candidatura deste senhor, beneficiado com anulação de suas sentenças não esbarrar na Lei da ficha Limpa.

  6. Delações premiadas, confissões assinadas de corruptores, bilhões devolvidos. Mas, os corruptos foram todos inocentados e processos anulados por esse STF de quinta categoria. E querem o respeito do povo????Têm o nosso profundo desprezo!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.