Janaina Paschoal critica presidente da CPI por tentar criminalizar tratamento precoce

Projeto do senador Omar Aziz, que comanda comissão parlamentar de inquérito, torna crime 'a prescrição de remédios sem comprovação científica, assim como aqueles que incentivam seu uso'
-Publicidade-
Janaina Paschoal criticou iniciativa do presidente da CPI da Covid, Omar Aziz, de tentar criminalizar o tratamento precoce
Janaina Paschoal criticou iniciativa do presidente da CPI da Covid, Omar Aziz, de tentar criminalizar o tratamento precoce | Foto: Divulgação

Em uma série de postagens desde o fim de semana, a deputada estadual Janaina Paschoal (PSL-SP) criticou o presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM), que apresentou uma proposta cujo objetivo é tornar crime “a prescrição de remédios sem comprovação científica, assim como aqueles que incentivam seu uso”.

Como noticiamos, o PL 1912/2021 determina que aqueles que prescreverem, ministrarem ou aplicarem “produto destinado a fins terapêuticos” sem comprovação científica de sua eficácia no tratamento da doença apresentada pelo paciente poderão ser presos e cumprir pena de seis meses a dois anos. O projeto define como comprovação científica a autorização e o registro do medicamento na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Leia mais: “Senador Omar Aziz quer criminalizar tratamento precoce”

-Publicidade-

“O presidente da CPI quer criminalizar a prescrição de remédios sem comprovação? Ele desconhece os muitos casos de remédios criados para um fim terem eficácia para outros tantos? Quer emperrar a medicina? O ordenamento jurídico já tem instrumentos para coibir abusos!”, escreveu Janaina em seu perfil no Twitter no sábado 22.

Leia também: “Circo parlamentar de inquérito”, reportagem de Silvio Navarro e Afonso Marangoni publicada na Edição 61 da Revista Oeste

“Ficam inventando moda, vão piorar nossa situação! Vejam o caso do soro anticovid. O povo morrendo aos montes, a Alesp [Assembleia Legislativa de São Paulo] já autorizou o uso, mas o Butantan culpa a Anvisa pela demora e a Anvisa culpa o Butantan. Quisesse liberar, o governador [João Doria] exigiria, como fez com a CoronaVac”, prosseguiu a deputada.

No domingo 23, Janaina voltou a criticar a estratégia da comissão parlamentar em relação ao tratamento precoce. “Em Direito, quando algo é pensado, cogitado, mas não executado, está-se diante de um ato preparatório, que não é passível de punição. Eu fico pensando por qual razão a CPI está gastando tanto tempo e dinheiro com uma ideia que não se efetivou”, escreveu. “Alguém pensou em colocar o tratamento de covid na bula da cloroquina. A ideia não se concretizou! Que importância tem isso? A perda de tempo com essa falsa questão mostra que não há mesmo o que investigar. É muito barulho por nada.”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

9 comentários

  1. Janaína é a única voz a contestar essa barbaridade contra remédios inventada pelo mentecapto, incapaz e boçal Aziz. Essa CPI palanqueira e safada não sabe o que fazer pra piorar e atrapalhar o país. O corrupto presidente vai criar uma tremenda confusão onde não deveria se aventurar, e ninguém se opõe. Congresso segue calado na sua inoperância costumeira. Não passam de um ajuntamento de incapazes para legislar melhor e modernizar o país, enquanto são excelentes para roubar. Não é por acaso que somos um paizeco.

  2. SE OS INTEGRANTES DESSA TAL CPI TIVESSEM AO MENOS SENSO DO RIDÍCULO EXTINGUIRIAM ESSA PANTOMIMA SEM MAIS DISCUSSÕES. ESTÃO APENAS JOGANDO PARA A PLATEIA, PERDENDO TEMPO E DINHEIRO DO CIDADÃO CONTRIBUINTE!

  3. Então quem prega o uso das vacinas experimentais também entra nesse balaio, afinal ainda não passaram pela última fase, logo não têm comprovação científica.

  4. É Por esse motivo que eu acho que deveria ter um exame de conhecimento pra poder se lançar candidato ao legislativo, não é lugar pra qualquer boçal. E temos boçais aos montes…

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro