Senador Omar Aziz quer criminalizar tratamento precoce

Parlamentar propôs projeto que pretende colocar atrás das grades médicos que prescreverem ‘remédios sem comprovação científica’
-Publicidade-
Omar Aziz quer tornar crime o tratamento precoce
Omar Aziz quer tornar crime o tratamento precoce | Foto: Wallace Martins/Futura Press/Estadão Conteúdo

O senador Omar Aziz (PSD-AM), presidente da CPI da Covid, que visa a investigar supostas ingerências do governo federal durante a pandemia, apresentou nesta sexta-feira, 21, um projeto de lei que tornaria crime “a prescrição de remédios sem comprovação científica, assim como aqueles que incentivam seu uso”.

De acordo com a proposta, o PL 1912/2021, aqueles que prescreverem, ministrarem ou aplicarem “produto destinado a fins terapêuticos” sem comprovação científica de sua eficácia no tratamento da doença apresentada pelo paciente poderão ser presos e cumprir pena de seis meses a dois anos.

O projeto define como comprovação científica a autorização e registro do remédio na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

-Publicidade-

Leia também: “Circo parlamentar de inquérito”, reportagem de Silvio Navarro e Afonso Marangoni publicada na Edição 61 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

43 comentários Ver comentários

  1. “Contra a burrice e a estupidez até os deuses lutam em vão”. (Frederich Schiller,1759 – 1805).

    O Conselho Federal de Medicina foi enfático ao declarar recentemente que, na lida com seu paciente, e com a concordância dele, o médico é soberano e deve seguir os fundamentos da Declaração de Helsinque redigida pela Associação Médica Mundial em 1964 e se constituiu em um conjunto de princípios éticos que regem a pesquisa com seres humanos.

    O que um político formado em Engenharia Civil entende de Medicina Baseada em Evidências e uso off-label de medicamentos? Como até as pedras sabem, mais de 80% de toda a Farmacologia Básica não tem eficácia comprovada cientificamente.

    Chega a ser criminoso, isso para não dizer genocida mesmo, um leigo e ignorante (e nem é o caso aqui de se falar aqui no envolvimento de seus familiares no COVIDÃO) no assunto querer interditar o uso de medicamentos que estão sendo utilizados ostensivamente pelos mais de 13 mil colaboradores da plataforma Médicos Pela Vida que está salvando dezenas (talvez centenas) de milhares de vidas aplicando o Protocolo de Tratamento Precoce no atendimento gratuito de pessoas que estão na Fase 1 (primeiros sintomas) da doença provocada pelo SARS-CoV-2 (Covid-19).

    Na avaliação de alguns expoentes da referida plataforma, a aplicação ostensiva do Tratamento Precoce teria salvado cerca de 2/3 dos mais de 450 mil brasileiros que já pereceram em meio à Pandemia da Estupidez, também teria evitado o desperdício de montanhas de dinheiro (boa parte roubado pelos espertalhões de sempre) no tratamento dos enfermos, e livrado milhões de pessoas do sofrimento medonho e cruel que a doença provoca.

  2. Muitos medicamentos tem efeitos benéficos inesperados além do que está nas bulas, que podem ser utilizados para tratar outras moléstias. Exemplos: minoxidil na calvície, Viagra e similares na disfunção erétil, colírio de prostaglandina para crescimento de pelos, Avastin e similares para degeneração macular senil (principal causa de cegueira na terceira idade), cloroquina como tratamento de moléstias auto-imunes e inflamatórias, talidomida, leite de magnésia como desodorante para axilas, ácido acetilsalicílico (inicialmente usado apenas como analgésico e anti-térmico), canais, cocaína, e por aí vai. São inicialmente usos off-label, porque não estão na bula, mas quanto prescritos com responsabilidade e critério trazem benefícios aos pacientes.
    Se a medicina dependesse de autorização de cavalgaduras do quilate desse senador ladrão, que é capaz de propor uma lei estúpida como essa (que num congresso como o tupiniquim tem chance de ser aprovada), nem benzedura de mãe de santo seria permitida. Esse país é piada ou tragédia?

  3. SERÁ QUE ALGUM MÉDICO PODE DIZER SE JÁ EXISTE REMÉDIO PARA A DIARREIA MENTAL? O CASO DESSE PARLAMENTAR, PAGO COM O DINHEIRO DOS NOSSOS IMPOSTOS, PODE SER BASTANTE GRAVE, POIS ESTÁ ELIMINANDO OS POUCOS NEURÔNIOS QUE PORVENTURA TENHA!

  4. é por causa de entes com estes que morrem milhares de pessoas anualmente devido ao controle estatal na área da saúde.. se fosse na área de alimentos estaríamos passando fome!

    1. A Revista Oeste poderia, por favor, iniciar uma campanha:

      Quem é o MANDANTE desse MANDATÁRIO, funcionário arrogante, Omar Aziz; heim?
      NÃO é possível considerar DEMOCRÁTICA essa representação ABUSIVA!
      É uma temeridade suportar tantos anos de ABUSOS dessas criaturas inescrupulosas e REMUNERADAS por nós, O PODER ORIGINÁRIO!
      NÃO contratamos para sermos SUBJUGADOS!

      Façam a campanha! Veremos o respaldo desse sr.
      Pátria Amada Brasil 💛🇧🇷💛

  5. Mau caráter, egoísta! Arrisca vidas para obter o seu projeto de poder! Despreza a autonomia dos médicos! Que cabeça torpe !!!

  6. Mais uma pérola de um semianalfabeto que quer mandar no meu receituário. Classe política brasileira, com raras exceções, é um esgoto céu aberto Uma legião de despreparados e corruptos que recebem mandato de um povo que não sabe votar. E genocida é o presidente. Asco e náuseas.

  7. É só parar um minuto e ver quem é este sujeito. Além de corrupção quando à frente do governo do Amazonas, foi acusado também de pedofilia. Este é o presidente da CPI.

  8. Esse cara é um crápula…mas,com certeza ,por trás dele, estão várias associações médicas contrárias ao tratamento inicial da Covid. São tão culpadas qto.

  9. O povo do Amazonas que elege um verme desse não precisa de INIMIGOS, porque é dando poder a essa gente que eles pisam ainda mais na cabeça do povo, e cada povo tem o governo que merece, MAS, vejam que até quem não elegeu esse verme tem que tolerar esse estrume!

  10. Esse sujeito é o retrato de décadas q o povo brasileiro deixou de lado a política, elegendo gente em troca de afago. Uma novidade para esse tiozão vagabundo é q a coisa tá mudando, e aliás, mtos desses eleitores enganados de outrora só estão vivos devido ao uso de cloroquina e ivermectina. Esse sujeito tá cavando a própria cova.

  11. O que me consta hidroxicloroquina, invermectina, etc. São remédios registrados na ANVISA. No Norte são receitados no tratamento de malária, ivermectina no tratamento de vermes. Proibir que se use remedios que estão há décadas senfo receitado? Querem que as pessoas morram, para aí sim, culpar o presidente, coisa que não conseguiram até agora, principalmente depois do “show ” do ex-ministro Pazuello…. A “maconha” também entra nesta lista????

  12. Esse senador tem que ser preso imediatamente por omissão de socorro, exercício ilegal da medicina, interferência na autonomia do ato médico e crime contra a humanidade. Se ainda há algum Procurador do MP que não está dormindo, tem que entrar com uma ação civil pública contra esse ASSASSINO imediatamente. Chega de tolerar a interferência desses ASSASSINOS no #TratamentoPrecoceSalvaVidas

    1. Sérgio, lembrou bem, além de pedófilo, toda sua família já foi presa por roubo na saúde do Amazonas. Alguém avisa a esse energumeno que só na área de cardiologia apenas 11% dos remédios mais receitados tem comprovação científica, o resto observação clínica.

  13. Pelo menos que seja coerente com seu discurso. Não faça igual ao Dr. David Uip (na época Secretário de Saúde do Estado de São Paulo), que proibiu para a população e na hora do desespero utilizou o remédio prescrito pelo seu médico (ele mesmo), a tal da hidroxicloroquina…

  14. O que tem que ser feito então com um senador corrupto e pedófilo, cuja esposa e irmão fora presos pelo desvio de 240 milhões? Brasil, uma piada pronta!

  15. Esse senador só porque é médico ortopedista, como o Mandetta, de péssima atuação a frente do Ministério da Saúde no início da pandemia, quer inviabilizar o tratamento precoce como ele fosse um expertise em Covid19, Falta-lhe competência para tal. Desconfio de médicos que seguiram a carreira de político: não são confiáveis como políticos e uma nulidade como profissionais.

    1. Não é médico, é engenheiro civil e por traz desse projeto deve ter pixuleco . Só por esse projeto absurdo ele deveria ser denunciado por tentativa de homicídio e cumplicidade na morte de milhares de pessoas por falta de tratamento adequado. Esse projeto é cortina de fumaça para esconder o genocídio cometido contra os doentes com Covid-19 q tiveram o tratamento precoce negado.
      75% das mortes poderiam ter sido evitadas, milhões de R$ poderiam ter sido poupados em internações desnecessárias se o tratamento precoce ambulatorial e a profilaxia em massa com Ivermectina, tivessem sido adotados. Cidade do México, Chapecó, Porto Feliz, Porto Seguro são evidências incontestáveis do êxito dessas medidas. Espero ver os responsáveis por essa nigligencia presos, inclusive esse Senador.

  16. Vossa excrecência que tem por formação engenharia civil acha que tem competência para se meter em assuntos de medicina, tenha paciência senador, preocupe-se com a justiça, tic-tac, tic-tac, tic-tac….

      1. A Dra Raissa de Porto Seguro deveria receber um prêmio Nobel pelo tratamento precoce, se todas as cidades do Brasil tivessem utilizado o protocolo dela teríamos evitado pelo menos 180 mil mortes no Brasil. O senador Aziz(Capitão propina) deveria ser preso imediatamente por incitar um genocídio.

    1. Pior é queria a compra de vacina sem comprovação e querem criminalizar medicamentos sem comprovação.

      Nem diretrizes eles tem, circo de horrores.

      1. Fico triste pois os produtos sairiam das prateleiras das farmácias, e Eu que me auto medico há anos? Tomo meu lumbrigueiro sistematicanente!
        Boto até terno prá ir no laboratório com o cocô e nunca dá nada!!! Então entro na IVERMECTINA.
        Será que alguém tá mirando PROPINAS de fabricantes para os “precoces” se mantenham nas prateleiras? A indústria farmacêutica é fortíssima estamos vendo!
        Bem “HIDROXICLOROQUINA” é mais fácil negociar: tá na mão tentar uma grana com o fabricante; é só procurar as FFAA, na pessoa do general Pazuello.
        Que vergonha meu país, perdermos tempo com famílias oligarcas do coronelismo:
        Aziz
        Calheiros
        Barbalho.
        É o fim do mundo.

    2. Não têm a mínima ideia da loucura que vêm fazendo no País!
      A falta de lógica, bom senso e pertinentência é tão grande que por vezes nos faltam adjetivos para qualificar o que sai dessas mentes corruptas, amorais e doentias dos esquerdistas!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.