Em eleição controversa, Biden torna-se presidente dos EUA

Democrata chega à Casa Branca sob suspeita de seu partido fraudar o voto popular
-Publicidade-
Presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, e esposa Jill Biden | Foto: Reprodução/Redes Sociais
Presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, e esposa Jill Biden | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Democrata chega à Casa Branca sob suspeita de seu partido fraudar o voto popular

Biden
Presidente eleito dos EUA, Joe Biden, e a esposa, Jill Biden | Foto: Reprodução/Redes Sociais
-Publicidade-

Após disputa acirrada e controversa, o democrata Joe Biden venceu as eleições nos Estados Unidos. Caso não sofra revés na Justiça, será o 46° presidente dos EUA. Donald Trump sustenta que as eleições foram fraudadas. Dessa forma, vai levar o caso à Suprema Corte do país. Conforme noticiou a imprensa estrangeira, o democrata conseguiu 273 votos do Colégio Eleitoral, ao vencer na Pensilvânia, Estado-chave que tradicionalmente define quem ocupará o poder.

Leia mais: “O que esperar de Joe Biden”, artigo publicado na edição nº 33 da Revista Oeste

Joseph Robinette Biden Jr. tem 77 anos e se torna o mais velho a chegar ao posto mais importante do mundo. De 2009 a 2017, Biden foi vice-presidente de Barack Obama e, entre 1973 e 2009, exerceu seis mandatos consecutivos de senador pelo Estado de Delaware. A senadora pela Califórnia Kamala Harris foi eleita vice-presidente e deve ocupar o Senado, no lugar de Mike Pence.

Não deixe de conferir: “O novo Partido Republicano”, artigo de Ana Paula Henkel publicado na edição nº 33 da Revista Oeste

biden
Joe Biden e Kamala Harris | Reprodução: Redes Sociais

Relação com o Brasil

O presidente Jair Bolsonaro declarou várias vezes apoio à reeleição de Trump, mas disse que o Brasil pretende manter boas relações com os Estados Unidos. Na quarta-feira 4, Bolsonaro lembrou que Biden já chegou a sugerir medidas em relação à Amazônia, e isso seria uma interferência “de fora para dentro”. “O candidato democrata, em duas oportunidades, falou sobre a Amazônia. É isso que vocês tão querendo para o Brasil? Aí sim uma interferência de fora pra dentro”, declarou.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

10 comments

    1. A mídia dizer alguma coisa…? Isso não quer dizer ABSOLUTAMENTE nada!
      Eu que sou um humilde brasileiro recebi pelo menos três mensagens indicando fraudes nas eleições…. aqui mesmo na Oeste já tem pelo menos três matérias indicando fraudes: 21 mil mortos votando na Pensilvânia, software que coloca 5 mil votos para o bastardo do Delaware, carteiro que esconde centenas de cédulas….ahahahah!
      Têm alguma dúvida que isso vá parar na Suprema Corte…? Eu recebi um vídeo em que uma conferente de cédulas pega cédulas em branco enviadas pelo correio e preenche votando no amiguinho dos “chinos”…
      Ora, ora , meus amigos, isso vai dar pano para mangas…como se dizia antigamente…!
      É ou não é Marangoni?
      Mas parabéns pela matéria, o seu dever é informar!

      1. Exatamente, Francisco! Seguiremos acompanhando. Continue aqui conosco na Oeste. Um abraço!

    2. Sinceramente, a revista conclama as pessoas a assiná-la para fugirem da “mentira”. E solta uma matéria dizendo que Biden foi eleito! Ora, quem declarou isso foi a imprensa americana. A eleição no Colégio Eleitoral será apenas na segunda semana de dezembro e há várias ações judiciais em curso, contestando os números. Tenham dó!!!!

  1. Como foi declarado se a suprema corte autorizou a recontagem dos votos na Pensilvânia? Passem a informação completa, não sejam irresponsáveis como a grande mídia.

  2. Nos EUA o presidente só será eleito em 13 de dezembro. Agora é o Sr Biden e a imprensa, que trocem por ele, que declaram oficialmente o presidente dos EUA???

  3. Neste ambiente deste espaço destinado aos comentários, creio dispensar de contar sobre a vitória de Pirro, rei do Épiro diante de uma legião romana. Se a batalha já terminou, não estou notando nenhuma comemoração tal como disse Pirro logo após a batalha: “Mais uma vitória como essa, estarei arruinado”. Mais ou menos assim. E a guerra mal começou e acredito piamente que ele não chegará ao final. Aí os gringos chorarão lágrimas de sangue com essa tal Kamala Harris. Quem viver verá.

  4. Será que terei que parar de ler (e de assinar) a Oeste também? Estão entrando pro clube da imprensa new left ? Vocês mesmo noticiaram que a eleição deverá ser decidida na suprema corte. E agora, anunciam a vitória de biden? Vou esperar as próximas edições para decidir se continuo assinante.

    1. Pois é! Esse bohsta ganhou quanto pra esquerdizar? É mais um judas que vendeu a alma por 30 moedas? Sabe que isso irá parar na suprema corte des EUA e fica escrevendo besteira!

      Na moral, deleta esse título que tá feio e ridículo demais!

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site