-Publicidade-

Justiça arquiva processo contra Regina Duarte

Ex-secretária da Cultura foi acusada de apologia da tortura
A ex-secretária da Cultura Regina Duarte | Foto: ANTONIO CRUZ/AGÊNCIA BRASIL
A ex-secretária da Cultura Regina Duarte | Foto: ANTONIO CRUZ/AGÊNCIA BRASIL | A ex-secretária da Cultura Regina Duarte | Foto: ANTONIO CRUZ/AGÊNCIA BRASIL

Ex-secretária da Cultura foi acusada de apologia da tortura

justiça
A ex-secretária da Cultura Regina Duarte | Foto: ANTONIO CRUZ/AGÊNCIA BRASIL

A Justiça do Rio de Janeiro decidiu ontem arquivar um processo contra a ex-secretária da Cultura Regina Duarte. E, portanto, indeferir o pedido de danos morais no valor de R$ 70 mil apresentado por Lygia Maria Collor Jobim, filha do diplomata José Jobim, morto durante o regime militar.

Em suma, a atriz foi acusada de apologia da tortura por causa dos comentários que fez numa entrevista à CNN Brasil. “Na humanidade, não para de morrer gente. Por que as pessoas ainda ficam chocadas?”, indagou Regina. “Não quero arrastar um cemitério de mortos nas costas”, concluiu.

Conforme a juíza Maria Amélia Almeida Senos de Carvalho, da 23ª Vara de Justiça Federal do Rio de Janeiro, Regina não poderia responder à ação como pessoa física. No entanto, a União, por meio da Advocacia-Geral, continua como ré no processo e ainda pode ter de arcar com o dano moral.

Leia também: “O método do cancelamento não pode prosperar”, artigo de Bruno Garschagen publicado na edição 17 da Revista Oeste

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

5 comentários

  1. Corrupção nos governos militares do movimento militar de 64, rolava aos montes, só que não havia operação lava jato na época, senão…Mas é isso, foi denunciar e aconteceu o que bem sabemos. Eu não sei se a atriz Regina Duarte foi específica neste caso, acredito que não mas a família do morto tomou as dores, fazer o que? Tinha mesmo que engavetar.

    1. Imagino que o assunto, as torturas que ocorreram por conta das FFAA não foram por causa de corrupção, mas tão somente em razão da defesa do território nacional e de seu povo, conforme preceituava e mantém a Constituição Brasileira, para não sermos entregues, pelos terroristas, à Cuba, URSS e China, ou seja, ao comunismo.
      Corrupção existe em toda e qualquer atividade humana, maior ou menor, consentida ou não consentida, punida ou não punida!

    2. Ridículo esse processo. Essa Lygia Jobim quer ganhar grana como toda escória faz..mais fácil isso do que trabalhar, né?
      Se eu fosse Regina..inverteria o processo. Prova que fez apologia! Ela fez? Eu não vi…

  2. Gosto da Regina. Ela não estava preparada para ser secretária de cultura. Tem que ter muito pulso para trabalhar neste governo. A perseguição é muito grande.

    1. Exato Fabricio, na realidade só mesmo militares ou pessoas de personalidade muito forte, tal qual Damares, Salles, Ernesto e Guedes, por exemplo.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.