Justiça bloqueia bens de prefeito de Duque de Caxias (RJ)

Washington Reis (PT) é acusado de promover aglomerações durante as campanhas de vacinação
-Publicidade-
Washington Reis é prefeito de Duque de Caxias
Washington Reis é prefeito de Duque de Caxias | Foto: Divulgação

A Justiça do Rio de Janeiro bloqueou parcialmente bens do prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis (MDB), por suspeita de irregularidades na campanha de vacinação contra a covid-19 no município. Na decisão, o juiz Belmiro Fontoura Ferreira Gonçalves determinou o bloqueio de R$ 2,4 milhões do prefeito.

De acordo com ação movida pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ), Reis recusou-se a obedecer ao Plano Nacional de Vacinação (PIN) e às decisões judiciais que determinaram o respeito aos grupos prioritários, como os idosos. Ainda segundo o MP-RJ, o prefeito expôs milhares de pessoas a riscos ao promover aglomerações.

-Publicidade-

Também tiveram bens bloqueados o secretário municipal de Saúde, Antônio de Oliveira Neto, a subsecretaria, Célia Serrano, e o ex-secretário de Saúde, Jose Carlos Oliveira.

Leia também: “Witzel sofre impeachment e perde o cargo de governador do Rio de Janeiro”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site