Lava Jato: PF cumpre mandados no RJ

Agentes miram suposto esquema de propina no transporte público
-Publicidade-
Polícia Federal realiza operação | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL
Polícia Federal realiza operação | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL | Ceará - PF - Operação - Spectrum

Agentes miram suposto esquema de propina no transporte público

lava jato
Polícia Federal realiza operação | Foto: DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

A força-tarefa da Lava Jato do Rio de Janeiro deflagrou na manhã desta quinta-feira, 30, uma nova fase da Operação Ponto Final. Desde 2017, a Justiça apura supostos desvios para pagamento de propina no transporte público e no governo do Estado. Um dos endereços alvo da operação é a sede da Viação Costa Verde, em Bonsucesso.

-Publicidade-

Saiba mais

Conforme as investigações da Lava Jato, foram identificados R$ 260 milhões em propinas pagas pelos investigados a políticos do Estado. As irregularidades, segundo o Ministério Público Federal, eram pagas, portanto, sempre que as tarifas dos transportes aumentavam.

Leia também: Toffoli derruba investigações contra Serra

Em julho de 2017, o juiz federal Marcelo Bretas expediu 12 mandados de prisão contra: Jacob Barata Filho, Rogério Onofre, Lélis Teixeira, José Carlos Reis Lavoura e Marcelo Gonçalves. Contudo, todos foram soltos e respondem às acusações em liberdade.

Em atualização

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.