Marco Aurélio Mello admite que oposição usa o STF contra o governo

Ministro do Supremo Tribunal Federal demonstra preocupação: 'Não sei qual será o limite'
-Publicidade-
Magistrado tem dado declarações polêmicas
Magistrado tem dado declarações polêmicas | Foto: José Cruz/Agência Brasil

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello afirmou que a Corte está sendo usada por siglas de esquerda para desgastar o presidente Jair Bolsonaro. “Como já disse em sessão, do caso da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), o STF está sendo utilizado pelos partidos de oposição para fustigar o governo. Isso não é sadio. Não sei qual será o limite”, afirmou em entrevista ao portal Gaúcha ZH. Recentemente, os ministros votaram uma ação do Partido Socialista Brasileiro contra a atuação da Abin. Dessa forma, os magistrados decidiram restringir o poder do órgão.

Quanto ao julgamento do relatório elaborado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública contra supostos membros do Antifas, movimento de extrema esquerda, Mello interpelou: “Dossiê antifascista soa mal. Mas o governo não estaria dando um tiro no pé? Admitindo ser fascista?”. Publicado pelo Uol, o documento é chamado de “dossiê” pela imprensa tradicional. Conforme a papelada, cerca de 500 servidores públicos estariam ligados à agremiação de radicais. Conforme noticiou Oeste, os integrantes do Antifas promoveram quebra-quebra em São Paulo, em maio, numa manifestação contra Bolsonaro.

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro