Marco Aurélio Mello decide adiar depoimento de Bolsonaro

Decisão vale até que o plenário do STF analise um pedido da AGU para que o presidente responda aos investigadores por escrito
-Publicidade-

Decisão vale até que o plenário do STF analise um pedido da Advocacia-Geral da União para que o presidente responda aos investigadores por escrito

Marco Aurélio Mello
Ministro do STF Marco Aurélio Mello | Foto: Fellipe Sampaio /SCO/STF
-Publicidade-

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, decidiu adiar o depoimento do presidente Jair Bolsonaro no inquérito que apura interferência na Polícia Federal. A informação é da CNN Brasil.

A decisão vale até que o plenário da Corte analise um pedido da Advocacia-Geral da União para que o presidente responda aos investigadores por escrito.

A PF havia intimado Bolsonaro a depor presencialmente entre os próximos dias 21 e 23 de setembro.

Segundo a emissora, o caso ainda não chegou a Marco Aurélio Mello, mas a decisão de congelar o caso já estaria tomada.

LEIA MAIS: Com aval de Bolsonaro, relator do Orçamento vai propor programa social

Marco Aurélio herdou o inquérito porque o responsável pelo caso, ministro Celso de Mello, está de licença médica. O presidente teria que ser ouvido pessoalmente porque o decano da corte negou a possibilidade de depoimento por escrito.

A investigação apura declarações do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, de que Bolsonaro teria tentado interferir na PF.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

6 comments

  1. Tenho a remota esperança de que ele, juntamente com Fux, esteja tentando resgatar um mínimo de dignidade para essa corte tão vergonhosamente ativista.

  2. O que me chamou à atenção, foi o Marco Aurélio de Mello ser sorteado desta vez. Não me recordo de nenhuma vez que isso ocorreu. Por que o caso não caiu para os três de sempre? Para mim isso está cheirando é um um acordo para pôr panos quentes no assunto e encerrar a palhaçada daquele velho cagão, o juiz de merda.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site