Militares pressionaram ministro por posicionamento mais firme contra Gilmar Mendes

Posicionamento inicial não agradou e o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, foi pressionado por militares da reserva e da ativa a dar uma resposta mais firme e enérgica a Gilmar Mendes
-Publicidade-
Marcos Corrêa/PR
Marcos Corrêa/PR

Posicionamento inicial não agradou. Assim, militares pressionaram ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, a dar uma resposta mais firme e enérgica a Gilmar Mendes

Militares acham que ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, não foi enfático ao defender as Forças Armadas das críticas de Gilmar Mendes | Foto: Marcos Corrêa/PR

Os militares pressionaram o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, a se posicionar mais firmemente contra o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Oeste apurou que militares da reserva e da ativa não gostaram nem um pouco da primeira nota emitida pelo chefe das Forças Armadas.

-Publicidade-

No domingo, 12, Azevedo e Silva emitiu um primeiro posicionamento. No comunicado, frisou que as Forças Armadas empregam, diariamente, 34 mil militares no combate ao coronavírus, “efetivo maior do que o da Força Expedicionária Brasileira na Segunda Guerra Mundial”. “O MD tem o compromisso com a saúde e com o bem-estar de todos os brasileiros”, frisou.

O posicionamento, entretanto, foi considerado pouco enérgico. Azevedo e Silva passou a ser muito criticado em grupos de WhatsApp por militares da reserva e da ativa. Para eles, uma declaração como a de Mendes, que associou as Forças Armadas ao “genocídio”, precisaria ser respondida à altura, sem tensionar, mas com firmeza.

Militares dizem a Oeste que foi preciso tirar Azevedo e Silva “debaixo da mesa”. “Ele [ministro da Defesa] prefere evitar o conflito. É diplomático, evita de todo jeito, mas tomou pressão. Ontem, a reserva estava indignada”, relata um interlocutor governista. “Hoje, sentiu a pressão da ativa também”, completa outro. No fim das contas, emitiu nesta segunda-feira, 13, um outro posicionamento, conjunto, com o apoio dos comandantes das Forças Armadas.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.