‘Minha lealdade acima de tudo’, afirma Mourão sobre Bolsonaro

'Não é uma relação simples', disse o vice-presidente
-Publicidade-
Vice-presidente da República, Hamilton Mourão | Foto: Alan Santos/PR
Vice-presidente da República, Hamilton Mourão | Foto: Alan Santos/PR

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirmou nesta segunda-feira, 23, que não vive um bom momento com o presidente Jair Bolsonaro, mas disse que o mandatário pode contar com a sua lealdade acima de tudo.

“Não é uma relação simples. Nunca foi entre presidente e vice, nós não somos os primeiros a viver esse tipo de problema. Mas o presidente sabe muito bem que ele conta com a minha lealdade acima de tudo. Ele pode ficar tranquilo sempre a meu respeito”, disse o general.

Leia mais: “Mourão diz não temer violência em atos do dia 7: ‘Fogo de palha’”

-Publicidade-

Segundo o jornal O Globo, a relação teria piorado depois que Bolsonaro soube, pela imprensa, de um encontro entre Mourão e o ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral. Assim como fez com Alexandre de Moraes, Bolsonaro afirmou que vai apresentar um pedido de impeachment contra Barroso.

A reunião, revelada pelo jornal O Estado de S. Paulo, ocorreu no último dia 10, quando o presidente assistiu a blindados da Marinha passarem na Praça dos Três Poderes no dia em que a Câmara rejeitou a PEC do voto impresso auditável.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

9 comentários

  1. Nem sempre a relação com a nossa própria mulher é aquelas coisas, porém nos momentos mais decisivos nossa união aumenta e isso que importa, não desejamos que o Mourão fique de afagos com o Presidente, mas que ele como militar esperamos que ele seja leal, simples como uma água sair da torneira!

  2. Mais um desvio de caráter que esse traste tem que eu desconhecia: O cinismo.
    Como pode um sujeito chegar ao posto de general com esse tipo de personalidade dúbia? Ou ele acha que para ser político tem que atuar dessa forma? Está muito enganado, sujeito.

    1. Ao afirmar que todo esse esforço que está sendo feito para as manifestações do 7 de setembro é tudo “fogo de palha” é mais uma afirmação explícita para desmoralizar o movimento em favor da oposição ao governo federal. Então se conclui que esse sujeito sempre esteve minando esse governo, se não está satisfeito que renuncie ao cargo, se isso for possível, e se alinhe aos tucanos de esquerda. O Rodrigo Maia, aquele verme, ao menos teve a hombridade de escolher de lado. Saia daí Mourão!

  3. Depois do encontro com o deplorável Barroso, em plena crise criada pelo “legislador” e juiz esquerdista, Mourão não convence ninguém da sua lealdade ao PR.
    Foi só uma trairagem estúpida ou bem planejada?

  4. Continuo confiando no vice-presidente Mourão. Opiniões – por vezes – divergentes fazem parte da vida. Com algumas dificuldades, a administração Bolsonaro é o que de melhor aconteceu no Brasil nas últimas décadas. No dia 7 de setembro o mundo vai poder constatar.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro