-Publicidade-

Ministério Público pede a prisão do prefeito de Manaus

Também a secretária de Saúde é alvo da Justiça por supostamente participar do caso de 'fura-filas' da vacinação
A autarquia aponta que houve desvio de vacinas para atender a interesses particulares do prefeito de Manaus
A autarquia aponta que houve desvio de vacinas para atender a interesses particulares do prefeito de Manaus | Foto: Divulgação/Prefeitura de Manaus

O prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), e a secretária municipal de Saúde, Shadia Fraxe, são alvos de uma ação do Ministério Público do Amazonas (MPE). Além do afastamento, o órgão pede à Justiça a prisão da dupla por supostas irregularidades na aplicação da vacina contra a covid-19. Ambos teriam beneficiado pessoas que furaram a fila do grupo prioritário da imunização. Conforme o MPE, também 10 médicos foram contratados irregularmente.

Entre outros pontos da ação protocolada na terça-feira 26, a autarquia aponta que houve desvio de vacinas para atender a interesses particulares do prefeito; doses do imunizante usadas irregularmente em servidores municipais; e nenhum dos indivíduos citados trabalha na linha de frente do combate ao coronavírus ou é idoso (grupo prioritário). Em nota, o prefeito David Almeida manifestou-se “profundamente indignado com a atuação ilegal e arbitrária” da Justiça.

Leia também: “O ataque do Covidão”, reportagem publicada na edição 7 da Revista Oeste

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

4 comentários

  1. Passa essa notícia pro Reinaldo Azevedo, Carla bigato, Eduardo oinegue, globolixo, as Magalhães comunistas, o Doria.
    Esse falso jornalismo arranja um jeito de continuar queimando a Amazônia, imputando ao General Pazuello a responsabilidade, tipo uma “estoria” assim contada: o “Praça”, que não deveria ocupar o posto da saúde, por ser “milico” lá estava. Então deveria ter visto!!!
    Não roubam e não deixam roubar, entendam brasileiros, porque detestam os nossos heróis!!!
    Dia 15/03 nas ruas de todo o Brasil, reafirmaremos a nossa aprovação e confiança nestes 2 anos de moralização da coisa pública.
    E mais. Para que depois os novos presidentes das casas legislativas não tenham dúvidas da atualidade de nossas pautas anticorrupção, elencadas nas ruas desde 2.013, faremos lembrar:
    PEC DA BENGALA
    PEC DA PRISÃO EM SEGUNDA INSTÂNCIA
    FIM DO FORO PRIVILEGIADO
    VOTO IMPRESSO como BKP da urna eletrônica.
    Minas tá de olho em Rodrigo Pacheco. Terá que mostrar a que veio, e nos orgulharemos de quem confiamos o nosso legítimo voto.
    Avante brasileiros, mais do que nunca mobilizados para mudar este querido país.

  2. A corrupção política no país alcança índices jamais imaginados, no caso de Manaus se pode perceber que os candidatos querem se eleger única e exclusivamente para se locupletarem e manterem o status de manter “os amigos do rei”! Vergonhoso, pobre Amazonas!!!!!

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês