Moraes compartilha com TSE provas do inquérito das fake news

Processos contra a chapa Bolsonaro-Mourão podem ir a julgamento pelo plenário da Corte Eleitoral ainda neste ano
-Publicidade-
Ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes | Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF
Ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes | Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, compartilhou, nesta quinta-feira, 16, com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) provas referentes aos inquéritos das fake news e dos atos antidemocráticos, este último já foi extinto após pedido da Procuradoria-Geral da República.

Os materiais vão ser analisados pelo corregedor-geral da Justiça Eleitoral, Luis Felipe Salomão, uma vez que, segundo o TSE, podem guardar relação com duas investigações que podem levar à cassação da chapa Bolsonaro-Mourão por supostas irregularidades na contratação de empresas para disparos de mensagens em massa durante as eleições de 2018.

Leia mais: “Senadores vão ao STF para Alcolumbre marcar sabatina de Mendonça”

-Publicidade-

O pedido de compartilhamento de provas foi solicitado em 3 de agosto. Os processos contra a chapa Bolsonaro-Mourão podem ir a julgamento pelo plenário da Corte Eleitoral ainda neste ano.

Segundo o TSE, os inquéritos de Moraes “investigam organização criminosa, de forte atuação digital, dotada de núcleo político, de produção, de publicação e de financiamento, cujas atividades teriam tido continuidade após as eleições de 2018 e se estendido durante a campanha de 2020 em diante”.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.