No Ceará, irmão de prefeito é preso com dinheiro na cueca

Caso ocorreu em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza
-Publicidade-
Momento em que irmão do prefeito de Caucaia (CE) é pego com dinheiro na cueca | Foto: Divulgação/PF
Momento em que irmão do prefeito de Caucaia (CE) é pego com dinheiro na cueca | Foto: Divulgação/PF | caucaia - dinheiro na cueca - pf

Caso ocorreu em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza

caucaia - dinheiro na cueca - pf
Momento em que irmão do prefeito de Caucaia (CE) é pego com dinheiro na cueca | Foto: Divulgação/PF
-Publicidade-

Operação deflagrada pela Polícia Federal (PF) na manhã deste sábado, 28, colocou novamente agentes da política partidária em destaque no noticiário policial. Em Caucaia, município da Região Metropolitana de Fortaleza (CE), um irmão do prefeito foi preso com dinheiro escondido na cueca.

Leia mais: “Para a PF, senador atuava como ‘gestor paralelo’ da Saúde”

Segundo agentes da PF, Miguel Carolino de Amorim foi detido com dinheiro em espécie colocado embaixo da calça. Em vídeo que circula nas redes sociais (ver abaixo) é possível ver o momento em que um dos maços é descoberto pelas autoridades. Miguel é irmão de Naumi Amorim (PSD), prefeito que disputa a reeleição.

Além de Miguel, policiais prenderam outras três pessoas ligadas à política local. O secretário de Patrimônio, Assis Medeiros, o vice-presidente da Autarquia Municipal, Carlinhos Gomes, e o subprocurador de Caucaia, Antônio Uedson da Silva, também foram detidos em flagrante. Um computador e um caderno foram apreendidos junto com o grupo.

Mais: “Eleições 2020: A política resolvida ‘na bala’”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

  1. Há uma maneira de acabar com a corrupção no Brasil. Se Qualquer integrante de qualquer partido político for pego em corrupção, o Partido deste integrante perde o registro no TSE e deixa de existir. É a única maneira de separar o joio do trigo. Se assim fosse, já teríamos nos livrado de muitos em um determinado período.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site