OAB-DF se manifesta contra ataques da CPI da Covid a advogados

Seccional pediu ao STF que proíba um senador de constranger e ameaçar os profissionais
-Publicidade-
À esquerda, o senador Randolfe Rodrigues, à direita, o senador Renan Calheiros e sentado, o senador Omar Aziz durante sessão na CPI da Covid
À esquerda, o senador Randolfe Rodrigues, à direita, o senador Renan Calheiros e sentado, o senador Omar Aziz durante sessão na CPI da Covid | Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Na quinta-feira 15, a seccional do Distrito Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-DF) entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federal que mira a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19. A entidade solicita que a Corte proíba os senadores de ameaçarem e constrangerem os profissionais durante as oitivas.

A OAB-DF sustenta que os congressistas atacaram duas vezes a defesa dos convocados. O primeiro episódio ocorreu com o criminalista Alberto Zacharias Toron, que defende o empresário Carlos Wizard. “Seu advogado está muito corado, parece que tomou banho de mar, está vermelho, e o senhor Carlos amarelou”, disse o senador Otto Alencar (PSD-BA).

Toron tentou se defender, mas fora impedido, até que rebateu: “Vossa Excelência se referiu a mim e não quer que eu lhe responda. Isso é de uma covardia, senador”. Otto, então, ameaçou chamar a Polícia Legislativa, caso o advogado não pedisse desculpas. Depois de governistas entrarem em ação, o bate-boca terminou.

-Publicidade-

O segundo caso ocorreu com a advogada Maria Jamile José, da defesa do ex-diretor de logísticas do Ministério da Saúde Roberto Dias. O presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM), mandou prender o ex-servidor por supostamente mentir. A OAB-DF argumenta que a profissional teve a palavra “abruptamente cassada” ao interpelar a ordem de prisão.

“A CPI parece ter esquecido que a defesa tem a palavra para atuar contra os abusos, contra o ranço inquisitório, contra as supressões de direitos e garantias, contra os equívocos de posições ocupadas pelo julgador e promotor, contra os indícios de parcialidade, enfim, contra tudo aquilo que não segue às regras processuais escorreitas”, escreveu a OAB-DF.

Leia também: “Circo Parlamentar de Inquérito”, reportagem publicada na Edição 61 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

13 comentários

    1. E pior ainda, a Comissão de Ética da OAB mesmo eu tendo enviado uma reclamação Zcom todas as provas contra um Ex Presidente da OAB por PATROCINIO INFIEL, ( o advogado contratado se aproveitou da procuração, fez acordo sem consultar o autor da ação, recebeu os valores, não prestou contas, gastou tudo, e após o STF mandado executar a dívida, não tinha nada em nome do advogado).
      É a Comissão de Ética, mesmo tendo recebido todas as provas xerocopiadas, nada fez, e o advogado continua advogando mesmo com outros processos no Fórum João Mendes Júnior.

  1. a OAB deixou TUDO ocorrer com o cidadão brasileiro em 2020 e 2021, agora grita quando a inquisição bate as suas portas. Bem vinda OAB ao Brasil Verdadeiro. Vejam se lutam a boa batalha de agora em diante

  2. LAMENTÁVEL QUE OS TRÊS PATETAS, QUE JÁ DEMONSTRARAM NADA ENTENDER DE DIREITO, SEGUIDOS POR OUTROS QUE SE DIZEM ADVOGADOS OU ADVOGADAS,
    TENHAM CHEGADO AO PONTO DE AGREDIR VERBALMENTE PROFISSIONAIS QUE
    ESTAVAM TRABALHANDO NO DIREITO INALIENÁVEL DE DEFESA DE SEUS CLIENTES!
    REALMENTE, UM CIRCO DE QUINTA CATEGORIA!

  3. OAB bem vinda ao Brasil real. “A água bateu no bumbum né”; “Atiraram pedra no telhado né”. Antes tarde do que nunca… Primeiro ponto: OAB não tem moral para requerer, solicitar e reclamar nada: depois que vocês “excluírem” o “Felipe Santa Cruz” da presidência dessa entidade, talvez o povo dê ouvidos a vocês; Reclamar somente agora é negligência da entidade (ou seguimento desta); abusos aconteceram com aqueles profissionais técnicos que lá estiveram, como a Dra Neide Yamaguchi, e a técnica do Ministério da Saúde… Olhem todas as ilegalidades e imoralidades cometidas por “essa” CPI, e também o abuso que o STF (a quem vossa entidade está clamando), com certeza eles estão jogando o mesmo jogo… Espero que tenham êxito, mesmo eu achando que vocês ficaram muito tempo em silêncio e agora está respingando em vocês…

  4. CPI! Esta que estamos assistindo, não passa de uma demonstração dos atropelos às manifestações das defesas, pois são interrompidas, humilhadas, sacaneadas, gozadas, ridicularizadas, ameaçadas etc. Enquanto não chegam perto do que os inquisidores exigem que seja falado, não dão sossego. Podemos comparar com os interrogatórios do crime organizado, quando um indicado pelo chefão para arrancar uma confissão, se municia com uma arma que servirá para apontar para a cabeça do indivíduo durante o curso do interrogatório, mais um saco plástico na mão, dentre outros objetos intimidatórios e desta forma, o que quer ouvir, facilmente acontecerá! Falta para a CPI o três oitão e o saco plástico, por o resto eles fazem uso.

  5. Até que enfim esta ala da OAB resolveu se manifestar. Porque sob a tutela do Felipe Santa Cruz, a OAB nacional, claro que vai defender a CPI como uma maravilha de lisura.
    CPI da palhaçada!

  6. Muito fraca essa manifestação da OAB. Esperaram muito para alguma reação. Porém, nessa CPI o trio faz o que quer, não respeita ninguém, e, quando ameaçado, corre para o “irmão mais velho” o STF.

  7. As forças armadas só podem estar corridas mesmo. E aí depende do povo ir à luta. É ruim, hein ? Ainda se fosse pelo futebol, carnaval… mas pelo próprio país ? Agem como tietes, não como patriotas e brasileiros.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site