-Publicidade-

Os compromissos de Baleia Rossi para ganhar o apoio da esquerda

Deputado do MDB deve lançar candidatura à presidência da Câmara
Baleia Rossi (MDB-SP): candidato da esquerda para a presidência da Câmara dos Deputados
Baleia Rossi (MDB-SP): candidato da esquerda para a presidência da Câmara dos Deputados | Foto: Luís Macedo/Câmara

É oficial. Cinco partidos da esquerda brasileira com representatividade na Câmara dos Deputados vão apoiar Baleia Rossi (MDB-SP), candidato de Rodrigo Maia (DEM-RJ), para a presidência da Casa. A disputa pelo comando da Mesa Diretora da Câmara se dará no início de fevereiro, na retomada dos trabalhos do Congresso Nacional. Siglas progressistas validaram a aliança com o emedebista na noite desta segunda-feira, 4.

Leia mais: “Vereador do MBL comemora apoio de petista”

O manifesto intitulado “por uma Câmara independente” é assinado pelos presidentes nacionais de PCdoB, PDT, PSB, PT e Rede. A carta também recebeu a assinatura dos líderes dos cinco partidos de esquerda na Casa Legislativa, além de José Guimarães (PT-CE) e Carlos Zarattini (PT-SP). A dupla petista é líder da minoria na Câmara dos Deputados e no Congresso Nacional, respectivamente. Juntas, as legendas somam 122 dos 513 deputados federais.

No material divulgado à imprensa, os partidos de esquerda reforçam que o apoio só se tornou possível porque Baleia Rossi teria assumido compromissos com o grupo. Publicamente, o emedebista não comentou essa questão. Segundo as siglas, ele acordou — caso se torne o próximo presidente da Câmara dos Deputados — em realizar ações que qualquer brasileiro, inclusive um deputado federal, deveria sempre fazer, como, por exemplo:

  1. defender a Constituição Federal;
  2. proteger a democracia e as instituições brasileiras;
  3. garantir a independência do Poder Legislativo;
  4. lutar pelos direitos do povo brasileiro;
  5. assegurar a soberania nacional.

A lista, contudo, serve como pano de fundo para os cinco partidos de esquerda mais uma vez apresentarem críticas a Jair Bolsonaro. Afinal, para eles, o presidente da República é responsável por “reiteradas investidas contra a democracia”.

Mais medidas

No item quarto, o de luta por aquilo que a esquerda política brasileira considera direitos do povo, há a afirmação de que Baleia Rossi concordou em pôr em prática medidas contrárias à política econômica do Poder Executivo. Nesse sentido, ressalta-se o suposto compromisso de garantir mais parcelas de renda emergencial, ampliar o Bolsa Família, dar fim ao chamado arrocho salarial, promover assentamentos agrários, modernizar sindicatos e, por fim, taxar grandes fortunas.

Leia também: “Por que a Câmara é tão ruim”, reportagem de capa da Edição 38 da Revista Oeste

E ainda: “Dinastias políticas”, da Edição 35

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

11 comentários

  1. Para tentar manter uma “liderança” que Rodrigo Maia, vulgo “Botafogo”, pensa que tem, ele afunda de vez sua medíocre carreira política no seu já profundo poço de lama. É aquela velha estória: “já que está no Inferno, abrace o Capeta!”.

  2. Este acordo nada mas e um ajuntamento dos que não estão mamando no governo. Se tiver nesta balbúrdia legislativa 3 ou 4 com vontade de fazer alguma mudança para o Brasil, este nem sabe que em primeiro lugar deveria mudar a constituição que não permitem nem um presidente governar, com um STF deste. Conhecido como a primeira instancia das esquerdada voz dos que perderam nas urnas.

  3. A indicação do Baleia pelo Rodrigo Botafogo Maia e as alianças com partidos de esquerda, mostram que até a mãe entrou no pacote. O Botafogo é um covarde que sempre jogou contra o Brasil. Um fofoqueiro vaidoso que agora chancelou a laia a qual pertence, que é pior do que imaginava.

  4. Só prá ver o chiqueiro a que pertence essa baleia, figura central do impeachment da Dilma e agora se alisou ao quadrilhão do PT e comparsas para tentar derrubar Bolsonaro, tudo prá chegar ao poder e surrupiar o país novamente.

  5. Compromissos da esquerda :”Mais parcelas de renda emergencial, ampliar o Bolsa Família, dar fim ao chamado arrocho salarial, promover assentamentos agrários, modernizar sindicatos e, por fim, taxar grandes fortunas.” Compromissos realmente necessários: Crescimento econômico para fazer o PIB crescer e assim gerar mais emprego empregos e renda; reduzir a dependência do Bolsa Família gerando oportunidades de trabalho para os assistidos; desonerar as folhas de pagamentos e reduzir as obrigações trabalhistas convertendo direitos trabalhistas em salário para poupança pessoal; ofertar aos assistidos pelo Bolsa Família empregos no agronegócio retirando-os dos centros urbanos e lhes dando formação através do SENAR(Serviço Nacional de Aprendizagem Rural); acabar com os sindicatos de faixada e com o corporativismo e enriquecimento ilícito de seus diretores permitindo apenas a existência de sindicatos cujas contas sejam aprovadas pelo TCU; taxar os grandes salários dos Deputados e Senadores e Juízes e punir os que ostentam fortunas incompatíveis com seus ganhos; e por fim reduzir o número de deputados e senadores e suas centenas de assessores e suas verbas parlamentares.

  6. Vai fazer um ano em que o jornalista? Dória e Botafogo, junto com alguns funcionários públicos que execramos, estavam em Paris mancomunando contra o povo. E o carnaval correndo solto. Tipo o que vimos no vídeo da festa que Eduardo Paes e Maia fizeram, para comemorar a manutenção do status quo no Rio de Janeiro, na semana passada.
    Cacete, e como atrapalharam né?
    Estamos fartos!!!
    Olha, esta eleições para as casas legislativas serão um marco para o futuro do Brasil. Estão prometendo de tudo, até um impeachment deste bom governo.
    O bom governo, que vem correspondendo ao que prometeu, principalmente NÃO ROUBAR, frente à nossa dificuldade em terminar o que começamos, acabar com o conluio entre o STF e o legislativo, para governar se uniu ao Centrão, repleto de antecedentes criminais, dando uma última oportunidade para os congressistas entenderem, que sempre é hora de se redimir, de tomar o bom caminho, de unir-se aos bons.
    Pois saibam que o povo que elegeu o novo staff governamental está de olho. Voltar às ruas e instituir a PRISÃO EM SEGUNDA INSTÂNCIA E FIM DO FORO PRIVILEGIADO, é questão de ascender o fósforo. A fogueira já está montada e pode ser acesa antes das festas juninas.
    Vamos torcer para que o CONGRESSO seja a voz do POVO.
    Rodrigo Maia diz congresso independente, hahaha. O filho da mãe tem 2 anos que só nos atrapalha!! Já era para estarmos lá na frente!!!
    Que Ailton Lyra e sua trupe saibam onde estão se metendo!!!

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês