Pacheco se filia ao PSD e cita Juscelino e Tancredo

Senador mineiro é a aposta do partido para concorrer à Presidência da República em 2022
-Publicidade-
Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, se filia ao PSD | Foto: Reprodução/PSD
Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, se filia ao PSD | Foto: Reprodução/PSD

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, se filiou nesta quarta-feira, 27, ao PSD, partido comandado pelo ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab. Ele é a aposta do partido para concorrer à Presidência da República em 2022.

O evento ocorreu no Memorial JK, em Brasília. Ele aproveitou o discurso para fazer referência a dois ícones da política mineira, que classificou como “grandes inspirações”, Juscelino Kubitschek e Tancredo Neves.

-Publicidade-

Pacheco não citou eventual candidatura ao Planalto mas disse que “já passou da hora de voltar ao diálogo, de retomar o equilíbrio, o desenvolvimento e a paz”. Segundo ele, “o cidadão sente no seu dia-a-dia os efeitos de uma economia que não deslancha”.

“Hoje, estamos todos cansados e descrentes. Estamos cansados de viver em meio a tanta incerteza, a tanta incompreensão e intolerância. Uma sociedade dividida, em que cada um não admite o contrário e não aceita a existência do outro, nunca irá chegar a lugar algum”, afirmou.

Questionado sobre candidatura à Presidência da República, Pacheco disse que o propósito e o desejo do partido de ter candidato próprio ao Palácio do Planalto em 2022 é legítimo, mas “tudo tem o seu tempo”.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

7 comentários Ver comentários

  1. “Hoje, estamos todos cansados e descrentes. Estamos cansados de viver em meio a tanta incerteza, a tanta incompreensão e intolerância.” O que ele tem contribuído é muito ao não pautar mos pedidos de tirar os togados e outras pautas que. Ele senta em cima… “Uma sociedade dividida, “ entre os trabalhadores e pagadores de impostos e os vagabundos e bandidos..” que cada um não admite o contrário e não aceita a existência do outro, nunca irá chegar a lugar algum” uma mentira deslavada… os únicos que não aceitam a existência de alguém e a turma para a qual ele cai de cima do muro! Nós só não aceitamos as vigarices opressões que querem nos impor! Seu pulha cretino!

  2. No meu entendimento se ele se lançar a candidato, deveria abrir mão da presidência do Senado para não haver conflito de interesses. Estou errado?

  3. Alguém precisa causar um choque de realidade no Pacheco, para ele entender que não é Juscelino nem Tancredo. Ele é apenas um advogado esperto, com as mãos sujas de sangue e lama de rejeitos minerais, que defende a VALE no genocídio de 270 inocentes no vergonhoso caso de Brumadinho. Pacheco é o meliante travestido de $enador que TOCARIA impeachment de Ministros do STF, mas não o faz, ainda que hajam motivos para tanto, num descarado jogo de meliante protegendo meliante. No caso do Juscelino, o Pacheco não seria sequer ajudante do Geraldo, o motorista do JK. No caso do Tancredo, Pacheco sequer seria serviçal da Dona Risoleta.

  4. E então!!! Continuamos na luta corrigindo nossos erros. A maior aberração nesta guerra é a traição de Pacheco aos Mineiros. Mas a reeleição de Bolsonaro tenham a certeza, passa por Minas, e Pacheco tabulou essa CPI de bandidos, trava o André Mendonça, defende a Vale em Brumadinho em desfavor do povo sofrido.
    Sou afilhado de JK e que esse capanga do establisment não pense, que gente com um mínimo de sensibilidade, cairá nessa farsa.
    Passem álcool nas cadeiras e mesas do Memorial JK.

  5. Pacheco é o cabo Daciolo da eleição e João Doria ou Leite são a Marina Silva. Ciro Gomes é o próprio é Haddad é o Lula. Bolsonaro vai nadar de braçada apesar de bronco.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.