Para Barroso, ‘Perdeu, mané’ foi uma reação ‘singela’

Entre 14 e 15 de novembro, magistrado esteve nos EUA para palestrar na Lide Brazil Conference

A Oeste depende dos assinantes. Assine!

-Publicidade-
Segundo o magistrado, sua declaração foi em resposta aos manifestantes "selvagens" que "gritavam palavrões e ofensas"
Segundo o magistrado, sua declaração foi em resposta aos manifestantes "selvagens" que "gritavam palavrões e ofensas" | Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), considerou “singela” a resposta que deu a um apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL), em Nova Iorque. Na ocasião, o magistrado disse “Perdeu, mané, não amola”, ao ser interpelado sobre se as Forças Armadas terão acesso ao código-fonte das urnas eletrônicas.

“Tive uma singela reação, nem de longe próxima ao nível das violências sofridas”, declarou Barroso, em entrevista à coluna da Mônica Bergamo, na quinta-feira 17. “É lamentável que algumas pessoas critiquem apenas a violência daqueles que não gostam, considerando legítima a selvageria de seus adeptos.”

Segundo o magistrado, sua declaração foi em resposta aos manifestantes “selvagens” que “gritavam palavrões e ofensas”. “Eles tentaram quebrar os vidros da van em que estávamos”, explicou o ministro do STF. “Além disso, eles invadiram o telefone de minha filha com grosserias e ameaças.”

-Publicidade-

O apoiador do presidente Bolsonaro registrou o momento em um vídeo que está circulando nas redes sociais. Nas imagens, é possível ver que, inicialmente, o homem direciona a pergunta ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral, o ministro Alexandre de Moraes, que aparece acompanhado da mulher, enquanto caminha à frente de Barroso.

Entre 14 e 15 de novembro, Barroso esteve nos EUA para palestrar na Lide Brazil Conference — do ex-governador de São Paulo João Doria.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

28 comentários Ver comentários

  1. Para qualquer coisa que a gente queira ou precise fazer na vida, para o bem ou para o mal, antes de tudo precisamos de aptidão. Sem isso, nada feito. Ou então, malfeito. Precisamos de aptidão para fumar, beber, jogar, trabalhar, correr, cantar e ser educado, etc, etc, etc…. Se os ministros fazem tudo o que fazem é porque têm aptidão para a coisa. O resto é tinta. Cada um pinta da cor de sua preferência.

  2. Essa matéria me parece tendenciosa quando começa a reportagem diz que ele respondeu a um apoiador de Bolsonaro. O que estamos vendo na grande mídia vendida que todas as manifestações pelo Brasil a fora são feitas por bolsonaristas insatisfeitos com o resultado das urnas, dando um ar de legalidade a todo o processo eleitoral. A meu ver a matéria é tendenciosa e não está dentro dos padrões que a revista Oeste diz ser, ou seja, uma revista isenta.

  3. Ministro Boca de Veludo:
    Mané é tua mãe, que colocou um pedaço de merda no mundo, e não deu a mínima educação e caráter para tua vida.
    Tua hora vai chegar, ministreco!!! E tua gangue vai junto, seu pedaço de bosta!!!

  4. Esse sujeito é tão desequilibrado na rua quanto no plenário do STF, quando assim se manifestou ofensivamente a Gilmar Mendes no plenário, alto e bom som: “você é uma pessoa horrível, uma mistura do mal com o atraso e pitadas de PSICOPATIA”.
    Esse é o notável saber jurídico e ilibada reputação do iluminado Barroso?.

  5. Gravíssimo. Chamar de Mané demonstra racismo contra os Manoeis e contra a raça portuguesa e o país Portugal. Este racista deveria pedir demissão imediatamente!!!

  6. Um cara devoto do ladrão, só pode ser mentiroso, quando usou aquele linguajar chulo, típico de marginal, não estava sendo agredido, quer distorcer até o flagrante.

  7. Quando vocês dizem na frase “O apoiador de Bolsonaro…”, erram vergonhosamente, pois pode ser que ele o seja ou não. Ainda não se deram conta que o cidadão pode “apenas” ser contra as barbaridades cometidas pelas pulgas togadas?

    1. Foi exatamente o que tbm observei e postei aqui, para uma revista que se diz isenta essa matéria me parece muito tendenciosa para os padrões que a revista diz ter.

  8. Não passa de um IRRESPONSÁVEL. Não tem estatura para a toga que usa. Fala uma estupidez daquela e depois da uma explicação mais estúpida que a própria resposta. Ele sim eh um verdadeiro MANÉ!

  9. Eles não dão a mínima para o povo, pois tem a certeza da impunidade.

    Acreditam que estão acima da lei, afinal, não existe instância superior, e quem irá desafia-los ?

    Para eles somos todos manés pagadores de impostos, para que possam desfrutar de uma vida cheio de regalias e nenhum trabalho, que é TODO feito pelos escreventes do tribunal.

    Eles são uma classe muito superior a nossa, e não nos devem explicações de nada. Podem fraudar eleições e dar posse a bandidos condenados, pois sabem que somos um povo frouxo, que aceita a injustiça sem reclamar.

  10. O que os Juízes foram fazer nos Estados Unidos? Por que não discutir o futuro do Brasil no Brasil? Dizia minha Avô roupa suja se lava em casa!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.