PCC atua para infiltrar-se na gestão pública

Facção criminosa quer controlar prefeituras de ao menos três Estados
-Publicidade-
Integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC) são alvo de megaoperação da polícia | Foto: DIVULGAÇÃO/GÊNCIA BRASIL
Integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC) são alvo de megaoperação da polícia | Foto: DIVULGAÇÃO/GÊNCIA BRASIL | Integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC) são alvo de megaoperação da polícia | Foto: DIVULGAÇÃO/GÊNCIA BRASIL

Facção criminosa quer controlar prefeituras de ao menos três Estados

pcc
Um dos traficantes suborna ministro para ter benefícios na Justiça | Foto: Diulgação/Agência Brasil

O Primeiro Comando da Capital montou uma rede de empresas para se infiltrar na gestão pública de prefeituras de ao menos três Estados: São Paulo, Paraná e Minas Gerais. É o que informou nesta segunda-feira, 9, o jornal O Estado de S. Paulo. Segundo investigações da polícia, a facção criminosa utilizou-se de contratos públicos, com dois objetivos: 1) a construção de empresas respeitáveis para a lavagem de dinheiro do tráfico; 2) o desvio de recursos públicos para a organização criminosa. Entre outros pontos, a Justiça menciona que um dos traficantes paga R$ 1 milhão por ano a um ministro em troca de benefícios na Justiça, como emissão de habeas corpus. Contudo, o nome do magistrado e o tribunal onde trabalha não foram revelados.

-Publicidade-

Leia também: “As falhas e os culpados no caso da libertação de André do Rap”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.