Pezão é autorizado a retirar a tornozeleira eletrônica

Em junho, ex-governador do Rio de Janeiro foi condenado a 98 anos de prisão por corrupção
-Publicidade-
Ex-governador do Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão | Foto: Reprodução/Mídias Sociais
Ex-governador do Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

Monitorado desde dezembro de 2019, o ex-governador do Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão retirou a tornozeleira eletrônica nesta quinta-feira, 21, após autorização do juiz Marcelo Bretas.

Em junho, Pezão foi condenado a 98 anos de prisão por corrupção. Os crimes atribuídos ao ex-governador dizem respeito a operações que são desdobramentos da Operação Lava Jato no Rio. O político chegou a ser preso em novembro de 2018, mas foi solto pouco mais de um ano depois.

-Publicidade-

Bretas considerou, em sua sentença, que Pezão, ex-vice-governador de Sérgio Cabral, deu continuidade aos crimes, após assumir o governo do estado. O ex-governador responde em liberdade por ser sua primeira condenação.

Na decisão, o magistrado impôs uma série de limitações ao ex-governador, como a proibição de ocupar cargos ou funções públicas no Estado ou no município do Rio, enquanto durar o processo e o dever de comunicar eventuais viagens para fora do Estado.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

  1. Alguma coisa me diz que esse excelente administrador estava sendo injustiçado, na justiça dos homens!!!
    Na de Deus, não pergunte ao papa!!!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.