PF e Interpol fazem operação contra abuso sexual infantil

Uma pessoa foi presa em flagrante
-Publicidade-
Agentes da polícia atuam para desarticular expansão do PCC | Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Agentes da polícia atuam para desarticular expansão do PCC | Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL | Agentes da polícia atuam para desarticular expansão do PCC | Foto: MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

Uma pessoa foi presa em flagrante

PCC
Agentes da polícia atuam para desarticular expansão do PCC | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
-Publicidade-

A Polícia Federal (PF) e a Interpol iniciaram nesta terça-feira, 8, a Operação A Caçada, de combate ao abuso sexual infantil e à produção, posse e compartilhamento, pela internet, de fotografias e vídeos de violência sexual infantojuvenil. Agora, agentes da PF cumprem seis mandados de busca e apreensão em quatro municípios do Estado do Rio de Janeiro, além da capital: Niterói, Volta Redonda, Macaé e Campos dos Goytacazes.

Uma pessoa foi presa em flagrante.

O Núcleo de Repressão aos Crimes de Ódio e à Pornografia Infantil, com a utilização de ferramentas específicas e monitoramento, identificou uma rede que distribuía a pessoas de diversos países arquivos com cenas de abuso e de exploração sexual de crianças e adolescentes. O material  apreendido, como notebooks, HDs e celulares, será submetido a exame pericial. As investigações contam com a cooperação da Interpol, em Roma.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.