Plano de saúde do Senado bate recorde de despesas

Para ter acesso ao superbenefício, é preciso ter mandato na Casa por apenas 180 dias
-Publicidade-
O plano de saúde do Senado é vitalício
O plano de saúde do Senado é vitalício | Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Em 2021, o plano de saúde do Senado bateu recorde de despesas médicas com parlamentares e ex-parlamentares. O pagador de impostos bancou quase R$ 32 milhões para custear a assistência à saúde, que contempla os políticos e seus familiares.

De acordo com a revista Crusoé, o valor é o maior em dez anos e ainda supera o dobro do gasto de 2020 (quase R$ 15 milhões).

-Publicidade-

Os beneficiários são 82 senadores, entre titulares e licenciados que mantêm o direito ao benefício, e suplentes, bem como 153 dependentes de parlamentares com mandato, 174 ex-senadores e os cônjuges de 183 ex-senadores — incluindo 61 viúvas.

Cerca de R$ 24 milhões foram gastos com o custeio de serviços médico-hospitalares, odontológicos e laboratoriais contratados por senadores e ex-senadores. Além disso, o Senado pagou R$ 7,6 milhões em reembolsos.

O plano de saúde do Senado é vitalício. Para ter acesso a ele, basta exercer o cargo de senador por 180 dias ininterruptos. Ou seja: é preciso cumprir apenas cerca de 6% do período oficial de mandato da Casa (oito anos, ou 2.924 dias).

As contas pagas pelo plano de saúde do Senado com o dinheiro do pagador de impostos não são detalhadas por beneficiário. Os valores nem sequer são discriminados por fornecedores e prestadores de serviços. A alegação é que essas informações têm sigilo em respeito “à intimidade das pessoas, nos termos do art. 31 da Lei nº 12.527, de 2011”.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

16 comentários Ver comentários

  1. O atraso do Brasil deve-se ao Judiciário e ao Parlamento. De tudo quanto é mordomia esses trastes participam, com o suado imposto do honesto pagador. O Parlamento é a instituição mais I-M-O-R-A-L do Planeta.

    1. Concordo plenamente, até quando iremos manter toda essas regalias pra esses imorais, que não defende os direitos do povo e do Brasil?

  2. Ano após ano, sem nenhum pudor, nossos “dirigentes ” (sic, legislativo, executivo e judiciário) , acumulam privilégios a seu imorais parasitismo sobre a sofrida sociedade brasileira. Até quando, eleitores ?

  3. Ainda colocarão os animais de estimação no plano. FUNDÃO imoral. Ainda pagamos a campanha política destes políticos – neste ano serão aproximadamente 6 BI para os partidos.

  4. Omar aziz..É cia..este é o nível de senadores do Brasil….a terra da prosperidade política em seus anseios por desviar e desviar verbas públicas…eeeita..BRASILZÃO…

  5. Um país que tem quadrilhas de bandidos dentro do senado, da câmara dos deputados, do STF e dentro de diversos tribunais de justiça que não servem ao povo brasileiro, não tem como dar certo.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.