Prefeito de Embu das Artes é condenado a mais de 2 anos de prisão

Claudinei Alves dos Santos atirou contra adversário político durante campanha eleitoral em 2015
-Publicidade-
Ney Santos, prefeito de Embu das Artes
Ney Santos, prefeito de Embu das Artes | Foto: Reprodução/Facebook

O prefeito de Embu das Artes (SP), Claudinei Alves dos Santos (Republicanos), conhecido como Ney Santos, foi condenado a dois anos e quatro meses de prisão por disparo de arma de fogo durante briga com a equipe de campanha de um adversário político, em 2015, quando ainda era vereador do município.

Na ocasião, Ney Santos atirou com o intuito de intimidar o oponente político, com quem chegou a trocar socos. Ao todo, foram três disparos. Por sorte, ninguém se feriu. Além da prisão, o parlamentar terá de pagar 11 dias-multa de um salário mínimo, tendo em vista a renda mensal como prefeito de Embu das Artes.

Leia também: “Saiba quem é o vice-prefeito de Bruno Covas que vai assumir SP”

-Publicidade-

Com informações do portal R7

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.