Presidência da Câmara dos Deputados: Republicanos anuncia apoio a Arthur Lira

Rodrigo Maia deixará o cargo no início de fevereiro do ano que vem
-Publicidade-
O deputado federal Arthur Lira: integrante do Progressistas de Alagoas quer chegar à presidência da Câmara dos Deputados | Foto: Reprodução/Agência Câmara
O deputado federal Arthur Lira: integrante do Progressistas de Alagoas quer chegar à presidência da Câmara dos Deputados | Foto: Reprodução/Agência Câmara | arthur lira - candidato a presidência da câmara dos deputados

Rodrigo Maia deixará o cargo no início de fevereiro do ano que vem

arthur lira - candidato a presidência da câmara dos deputados
O deputado federal Arthur Lira: integrante do Progressistas de Alagoas quer chegar à presidência da Câmara dos Deputados | Foto: Reprodução/Agência Câmara

O Republicanos é mais um partido a deixar o grupo de apoio liderado pelo atual presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). A legenda conduzida nacionalmente pelo deputado Marcos Pereira (SP) anunciou apoio à candidatura de Artur Lira (PP-AL) para o comando da Casa. A decisão da legenda foi anunciada na tarde desta quarta-feira, 16.

-Publicidade-

Leia mais: “MDB decide lançar candidatura à presidência do Senado”

Primeiro-vice-presidente da Câmara, Pereira tentava emplacar sua própria candidatura para sucessão de Maia. Sem apoio de outras legendas para seguir adiante com o projeto, ele estava conversando com aliados de Lira e com representantes do bloco ligado ao atual presidente da Câmara dos Deputados. Na tarde de hoje, definiu que ele e seus colegas de partido irão apoiar o membro do Progressistas de Alagoas.

Com o ingresso de mais um partido, a base de Lira chega a 190 dos 513 deputados federais. Além do Republicanos, ele já contava com apoios de PL, PSD, Solidariedade, Avante, Patriota, Pros, PSC e PTB, além do PP. Somente a legenda conduzida por Marcos Pereira soma 31 deputados.

Sem reeleição

Em seu terceiro mandato consecutivo como deputado federal, Arthur Lira lançou sua candidatura à presidência da Câmara dos Deputados dois dias após o Supremo Tribunal Federal proibir, por seis votos a cinco, a reeleição para presidente da Casa e demais cargos da Mesa Diretora. Decisão que tirou Maia da disputa prevista para ocorrer em 1º de fevereiro de 2021.

→ Análise, por Silvio Navarro: “A maioria do STF leu a Constituição. Mas e agora?”

Leia também: “Por que a Câmara é tão ruim — Com o fim da comédia da reeleição, é hora de exigir produtividade aos deputados”, matéria de capa da Edição 38 da Revista Oeste.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site