Presidente da CPI sobe o tom contra Wajngarten e ameaça convocá-lo como investigado

Sessão chegou a ser suspensa por ordem do senador Omar Aziz
-Publicidade-
Presidente da CPI da Covid, Omar Aziz | Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado
Presidente da CPI da Covid, Omar Aziz | Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), criticou duramente nesta quarta-feira, 12, a postura do o ex-secretário de Comunicação da Presidência Fabio Wajngarten em seu depoimento à comissão. Após se irritar com a forma em que ele estava respondendo, Aziz chegou a suspender a sessão.

“Senhor Fábio, o senhor só está aqui por causa da entrevista da revista Veja, senão a gente nem lembraria que você existia, você está me entendendo? Só por causa disso, não tem outra razão para você estar aqui”, afirmou o presidente da CPI, que continuou: “Ele está aqui tangenciando sobre as perguntas, depois a gente toma uma medida mais radical e aí vão dizer que nós somos isto e aquilo. Por favor, não menospreze a nossa inteligência. Ninguém é imbecil aqui. Não faça isso com a gente”.

Leia mais: “Ex-chefe da Secom nega interferência de Bolsonaro em campanhas sobre covid-19”

-Publicidade-

“Você chamou o Pazuello de incompetente, na revista, você disse que a Pfizer tinha cinco escritórios de advocacia e o governo estava perdido. É essa a única razão, ninguém chamaria o senhor aqui”, afirmou Aziz. “Vossa excelência está confiando em que lá na frente, meu amigo? Por que deixa eu dizer uma coisa: isso tem consequências futuras. Só quem enfrentou processo sabe que isso não acaba amanhã, não acaba amanhã. A gente se sente meio protegido quando tem o poder por trás da gente, depois que não tem o poder a gente fica abandonado e aí é o arrependimento”, afirmou Aziz.

Depois do intervalo, o presidente da CPI subiu ainda mais o tom e informou que, se Wajngarten não for objetivo nas respostas e tangenciar às perguntas, ele vai dispensá-lo e voltará a convolá-lo, mas não como testemunha e, sim, como investigado.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

4 comentários

  1. “Senhor Fábio, o senhor só está aqui por causa da entrevista da revista Veja, senão a gente nem lembraria que você existia, você está me entendendo?
    Assim é o tratamento desse manipulador de verbas da saúde, relacionado em planilhas da Odebrecht, com as pessoas de bem.
    Nós também sr. boleiro, só o conhecemos aquí em MG por causa da imprensa policial.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro