Processo de privatização dos Correios está maduro, diz advogado-geral da União

Projeto de lei já foi aprovado na Câmara dos Deputados e é analisado no Senado
-Publicidade-
Foto da fachada do Edifício da Agência dos Correios | Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado
Foto da fachada do Edifício da Agência dos Correios | Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

O advogado-geral da União, Bruno Bianco, disse ter convicção de que o processo de desestatização dos Correios está “absolutamente maduro”. “Ele é oportuno, pertinente, correto e necessário, bom para o país”, afirmou durante seminário virtual na quarta-feira 3.

O projeto de lei de privatização dos Correios já foi aprovado na Câmara dos Deputados e é analisado no Senado. Mas o texto é contestado no Supremo Tribunal Federal, onde tramitam três ações diretas de inconstitucionalidade (ADI).

-Publicidade-

O presidente dos BNDES, Gustavo Montezano, afirmou que os Correios têm potencial de ser não somente uma empresa brasileira, mas também ter importância internacional. O estudo do modelo de desestatização dos Correios é feito pelo BNDES.

“Qualquer cidade do Brasil que hoje é servida pelos Correios continuará servida. Não há qualquer risco de desassistência. Não haverá aumento de preços de cartas, não haverá piora de serviços. Muito pelo contrário: os preços podem até melhorar, haverá melhora de serviços e a cobertura será mantida”, afirmou.

Com informações da Agência Brasil

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.