PT aciona a PGR contra novo emprego de Moro

Deputado petista pede investigação
-Publicidade-
O ex-ministro Sérgio Moro, mais novo sócio-diretor da Alvarez & Marsal | Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
O ex-ministro Sérgio Moro, mais novo sócio-diretor da Alvarez & Marsal | Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil | pt x moro

Deputado petista pede investigação

pt x moro
O ex-ministro Sérgio Moro, mais novo sócio-diretor da Alvarez & Marsal | Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
-Publicidade-

Um petista se movimenta contra o ingresso do ex-ministro Sérgio Moro na sociedade da consultoria Alvarez & Marsal. Em ofício encaminhado à Procuradoria-Geral da República (PGR), o deputado Paulo Teixeira (PT-SP) pede investigação sobre o novo desafio profissional a ser encarado pelo ex-juiz federal e ex-integrante do governo federal.

Leia mais: “‘O bem comum, o coletivo, não justifica esmagar o indivíduo’, diz Janaina Paschoal”

No pedido à PGR, Teixeira fala em possibilidade de caso de corrupção à idade de Moro à Alvarez & Marsal como diretor-presidente. O parlamentar justifica a solicitação com o que define como premissa da Lava Jato, operação da Polícia Federal que chegou a ter casos julgados por Moro. A consultoria da qual o ex-ministro fará parte é responsável por cuidar da recuperação judicial da Odebrecht, uma das empreiteiras que foram alvos da Lava Jato.

“Situações dessa natureza seriam em tese caracterizadas como justa causa para investigação criminal”

“Não há dúvida de que, segundo a lógica que inspirou os trabalhos da Operação Lava Jato, hoje assumidamente liderados pelo então juiz Sérgio Moro, situações dessa natureza seriam em tese caracterizadas como justa causa para investigação criminal pelo delito de corrupção”, afirma o deputado federal do PT no documento. “[Deve-se ter] busca de elementos informativos sobre as vantagens ou promessa de vantagens supostamente solicitadas, recebidas ou aceitas em troca de atos praticados na condição de funcionário público”, prossegue Teixeira.

O parlamentar petista ainda pede que sejam divulgados os valores que a consultoria recebe da Odebrecht e quanto Moro receberá por se tornar sócio-diretor. Até o momento, o ex-ministro, a Odebrecht e a Alvarez & Marsal não se pronunciaram.

  • Mais sobre Moro na Alvarez & Marsal:

“Moro se torna sócio de empresa que trabalha para Odebrecht”

“Companhia na qual Moro é sócio receberá milhões de alvos da Lava Jato”

“Moro deve morar em Washington ou Nova York”

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comments

  1. Os corruptos, o Lula e o Gilmar Mendes estão fundindo os miolos. Eles sabem que Moro poderá ajudar os delatores. Todo mundo sabe que existe uma onda para anular todos os processos do Moro e acabar com a Lava-Jato. Um segundo aspecto é que os delatores premiados estão com dificuldades de cumprirem todas as cláusulas do contrato de delação porque o STF está barrando qualquer tentativa de seus políticos de foro privilegiado sejam presos. Moro terá acesso a informações e documentos que antes, como Juiz, não tinha, principalmente aos que têm foro privilegiado. O pessoal sabe disto e estão querendo mais uma vez jogar a imprensa e os ignorantes contra o Moro. Deixa ele trabalhar. Ele não vai entrar na política. Moro e o PT devem mergulhar no esquecimento. Os assuntos prioritários para os brasileiros hoje são outras coisas. O PT acabou e Moro não vai entrar na política e pretende cair fora do radar das fofocas da imprensa. Vírus, Economia, acabar com o foro privilegiado e mudar o modelo de indicações ao STF merecem mais atenção do que esta fofoca.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site