-Publicidade-

PTB protocola pedido de ‘impeachment’ contra Alexandre de Moraes

O magistrado está sendo acusado de exercer atividade político-partidária
Moraes: denunciado internacionalmente por partido político | Foto: CARLOS MOURA/STF
Moraes: denunciado internacionalmente por partido político | Foto: CARLOS MOURA/STF | alexandre de moraes - stf - denúncia à oea - ptb
facebook e twitter - alexandre de moraes - stf - redes sociais
O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal | Foto: Carlos Moura/STF

O Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) ingressou com pedido de impeachment contra o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). A petição foi protocolada na terça-feira 2 no Senado. O magistrado é acusado de exercer atividade político-partidária — o ato teria ocorrido em 20 de agosto, durante um jantar com Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre, que, na época, eram os presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, respectivamente.

Leia também: “PF faz operação contra Cunha e ex-vice-governador do DF”

Não é o primeiro pedido de impedimento de Moraes. De acordo com o comunicado do PTB, nos últimos dois anos foram protocolados 17 pedidos de impeachment contra o ministro do STF.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

11 comentários

  1. Na minha modesta opinião existem outros Ministros do STF, desde o Mensalão que provaram que são militantes. Decisões, imagens e vídeos comprovam isto. É um absurdo o que está acontecendo com o STF.

  2. Pergunta aos causídicos tupiniquinss: agir acima e fora da Constituição é crime ou só quem paga a conta está sujeito a essas limitações?

  3. Vamos ver se este presidente do senado é aço puro ou ferro corrompido.
    Na minha opinião, tem 5 ministros que necessitam sair e serem julgados pelos seus crimes.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês