Revista Oeste - Eleições 2022

Randolfe protocola pedido para criar CPI do MEC no Senado

Senador conseguiu 30 assinaturas e agora espera que presidente da Casa dê o aval para avanço da comissão parlamentar
-Publicidade-
Senador Randolfe Rodrigues diz que Presidência tenta interferir nas investigações da PF
Senador Randolfe Rodrigues diz que Presidência tenta interferir nas investigações da PF | Foto: José Cruz/Agência Brasil

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) protocolou nesta terça-feira, 28, o requerimento para a criação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar supostas irregularidades no Ministério da Educação (MEC), na gestão do ex-ministro Milton Ribeiro.

O pedido foi protocolado na Secretaria-Geral da Mesa do Senado. Agora, para que a comissão inicie formalmente os trabalhos, é necessário que Rodrigo Pacheco (PSD-MG), presidente da Casa, faça a leitura do documento em plenário.

A criação de comissões parlamentares em anos eleitorais geralmente encontra resistência de congressistas, que costumam passar mais tempo fora de Brasília para atividades de campanha.

-Publicidade-

Mas, mesmo com as eleições no horizonte, Randolfe afirmou nesta terça-feira que conseguiu 30 assinaturas para solicitar a CPI. Para criar uma comissão, são necessários ao menos 27 nomes, um terço dos 81 que compõem o Senado.

O senador da Rede afirmou que a intenção da CPI é investigar “um conjunto de irregularidades de que se tem notícia no Ministério da Educação”. O parlamentar ainda destacou a importância de levar a investigação ao Congresso, em razão de indícios de suposta intervenção do presidente Jair Bolsonaro nos trabalhos da Polícia Federal (PF). “Os esquemas dessa quadrilha chegam até o Palácio do Planalto”, disse.

No entanto, o principal desafio técnico para o início dos trabalhos é o recesso parlamentar, que começa em 18 de julho. Isso porque, depois de uma eventual aprovação de Rodrigo Pacheco, as lideranças partidárias precisam indicar membros, em etapa sem prazo para acontecer.

Sobre o caso

O ex-ministro Milton Ribeiro é investigado sobre suposto favorecimento aos pastores Gilmar Santos e Arilton Moura, em esquema de liberação de verbas do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para prefeituras. A Polícia Federal se debruça sobre indícios de cobrança de propina para a liberação de recursos, em operação que envolve pastores supostamente ligados à pasta.

O ex-ministro foi preso pela PF em Santos (SP), na quarta-feira 22, mas acabou liberado no dia seguinte por um habeas corpus concedido pelo desembargador Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), sem participar de audiência de custódia.

O inquérito contra o ex-ministro e outros envolvidos foi aberto depois do vazamento de áudios, em março, em que Ribeiro afirmava que repassava verbas do MEC a municípios indicados por Gilmar Santos, supostamente a pedido de Bolsonaro.

Na época, o jornal O Estado de S. Paulo divulgou que o prefeito Gilberto Braga (PSDB), da cidade de Luís Domingues (MA), disse que o pastor Arilton Moura pediu R$ 15 mil adiantados apenas para protocolar demandas. Em seguida, definiu o preço da propina. “Traz 1 quilo de ouro para mim”, teria dito o religioso ao governante municipal.

No fim de março, Milton Ribeiro foi substituído no MEC por Victor Godoy Veiga e passou a ser investigado pela Comissão de Educação do Senado, junto com o presidente do FNDE, Marcelo Lopes da Ponte.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

20 comentários Ver comentários

  1. COMO AMPLAMENTE DIVULGADO, OS TÉCNICOS DA A POLÍCIA FEDERAL, DO TCU E DA CGU JÁ ESTÃO SE DEBRUÇANDO PARA A AVERIGUAÇÃO DOS FATOS. COMO PERGUNTAR NÃO OFENDE, PERGUNTO: ACASO ESSES SENADORES, INTEGRANTES DO GRUPO QUE PRETENDE ABRIR A CPI DO MEC, SE JULGAM TECNICAMENTE MAIS CAPACITADOS QUE OS TÉCNICOS DOS ÓRGÃOS PÚBLICOS SUPRACITADOS????? QUANTOS DENTRE ELES TÊM CONHECIMENTO TÉCNICO PARA AVALIAR COM ISENÇÃO SEJA LÁ O QUE FOR????? A LAMENTÁVEL CPI DA COVID MOSTROU À EXAUSTÃO AO PAÍS A QUALIDADE DESSE SENADO, COM ALGUMAS EXCEÇÕES CLARO! ESPERA-SE QUE O PRESIDENTE DO SENADO TENHA O BOM SENSO DE IMPEDIR A REPETIÇÃO DE MAIS UM ESPETÁCULO, A CEM DIAS DE UMA ELEIÇÃO, VISANDO APENAS UM PALANQUE ELEITORAL PARA CRIATURAS MEDÍOCRES, DESPROVIDAS TOTALMENTE DE SENSO DO RIDÍCULO!!!

    1. a CPI visa impedir as manobras do governo tais como interferência na PF que aliás é um dos pontos a ser investigado.
      quanto ao uso eleitoral de CPI vc tinha a mesma opinião sobre a tentativa de criar a CPI da Petrobrás que só queria fingir que Bolsonaro se importa com os preços dos combustíveis?

  2. Esse Randolfe podia trabalhar no circo, se possível de pluma e paetê assim acredito que ele vai se aparecer mais que o quadro da Monalisa.

  3. A BASE DO GOVERNO TEM QUE CONTRA-ATACAR RÁPIDO!!
    Ficar assistindo a montagem desse circo do Saltitante e do Cajuru não dá!!
    Outros milhões poderão ser jogados no colo do “consórcio” pra assessorar o falido G7 do Ladrão.

  4. Esse sujeito representa a inutilidade de políticos no Brasil, fazem de tudo, menos ações em prol do desenvolvimento, PÁRIA que conta com a conivência do mais novo boneco de Olinda, pachecada.

  5. Esse é mais um lixo no senado, um antro de parasitas comandado por um parasita, pachequinho o FDP. Já está havendo investigação da Polícia Federal, pra que gastar mais dinheiro público com um circo desses.

  6. Espero que os eleitores do estado deste senhor, nos dê prazer com a sua ausência no cenário nacional. Ele tem prejudicado muito os brasileiros, votando contra a extinção do seguro DPVAT, por exemplo, junto com outros traíra do PT, PDT, PSB e o partido dele, PSOL.

  7. Essa caricatura de Senador, não precisava ser tão burro. O MEC é um antro de esquerdistas, são estes que ele quer desmascarar. Já é sabido que o ex Ministro não se corrompeu, por testemunho das pessoas envolvidas, então qual a finalidade da CPI, passar vergonha igual a outra.

  8. As pessoas precisam de critério para escolher seus representantes. Esse Randolfe é a criatura mais cara para cada um de nós brasileiros em razão de sua total inutilidade como senador.É sim um agitador que não se elegerá nunca mais para o Senado.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.