Roberto Jefferson afirma que a China comprou o STF

Deputado enviou áudio a grupo de WhatsApp antes de ser preso
-Publicidade-
'Moraes quer tirar todos da frente para que impere a vontade da China', disse o ex-deputado
'Moraes quer tirar todos da frente para que impere a vontade da China', disse o ex-deputado | Foto: Divulgação

O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, afirmou que o Supremo Tribunal Federal (STF) “foi comprado pela China”. Ao ser informado da ordem de prisão expedida pelo juiz do STF Alexandre de Moraes, enviou um áudio para o grupo que reúne integrantes de seu partido no aplicativo WhatsApp.

“Ele quer tirar todos da frente para que impere a vontade da China”, disse Jefferson, nesta sexta-feira, 13. “É o mensalão chinês. Tá bom, Xandão, tá bom”, acrescentou o ex-deputado, que denunciou o escândalo da compra de votos do Congresso Nacional pelo PT, em 2005. “Querem uma ordem comunista.”

Segundo Jefferson, será preciso tomar iniciativas sobre sua prisão. “O buraco comigo é mais embaixo, Xandão. Eu sei que você é metido a valente. A nossa conta é pessoal. Daqui para frente é pessoal, não tem saída”, declarou. “Nós vamos resistir. Vamos resistir a você, Xandão, e aos que te sucederem.”

-Publicidade-

Leia também: “O jogo do gigante”, reportagem publicada na Edição 58 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro