Senado pretende comprar 130 ‘algemas metálicas’ e 500 ‘algemas descartáveis’

Além desses equipamentos, também serão comprados 130 'porta-algemas' e 250 'óculos de proteção'
-Publicidade-
Senado Federal | Foto: Pedro França/Agência Senado
Senado Federal | Foto: Pedro França/Agência Senado

O Senado vai realizar em 13 de outubro um pregão eletrônico para a aquisição de algemas para a Polícia Legislativa. Serão 130 “algemas metálicas” (R$ 158,43 a unidade) e 500 “algemas descartáveis” (R$ 7,53 a unidade).

Além desses equipamentos, também serão comprados 130 “porta-algemas” (R$ 54,08 a unidade) e 250 “óculos de proteção” (R$ 5,91 a unidade). Ao todo, o pregão é avaliado em cerca de R$ 33 mil.

Leia mais: “Alcolumbre está agindo como se fosse ‘proprietário’ da CCJ, critica senador Oriovisto Guimarães”

-Publicidade-

Ao justificar a compra dos materiais, o edital informa: “A contratação tem por objetivo prover a Secretaria de Polícia com equipamentos essenciais ao desempenho de suas atribuições previstas no Regulamento Administrativo do Senado Federal”.

O Senado especifica as características exigidas em cada produto. No caso das “algemas descartáveis”, por exemplo, elas precisam ser “confeccionadas em náilon injetado, sem emendas. Planejadas e confeccionadas exclusivamente para a finalidade de imobilizar mãos ou tornozelos”.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

8 comentários Ver comentários

  1. Que ótimo, daí, cada um já tem a sua, a PF não precisará comprar. E é pra isso que serve o nosso senadinho, para essas pequeninices, uma vergonha.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.