Senado pretende dobrar gastos com grades de proteção contra protestos

Casa estima pagar até R$ 375 mil com grades de proteção contra protestos. Contrato ainda em vigência custa R$ 160 mil ao ano
-Publicidade-
Grades no Congresso podem ter custos duplicados | Foto: Roque de Sá - Agência Senado
Grades no Congresso podem ter custos duplicados | Foto: Roque de Sá - Agência Senado

Casa estima pagar até R$ 375 mil em grades de proteção contra protestos. Contrato ainda em vigência custa R$ 160 mil ao ano

grades de proteção contra protestos
Grades no Congresso podem ter custos duplicados | Foto: Roque de Sá/Agência Senado
-Publicidade-

O Senado Federal pretende elevar em até 2,3 vezes o valor gasto com grades de proteção do Congresso Nacional após a intensificação dos atos a favor e contra o governo federal. A Casa lançou processo licitatório para renovação do contrato de locação dos alambrados de contenção com custo anual estimado em R$ 375 mil. Entretanto, no ano passado, o Senado firmou contrato para executar exatamente o mesmo serviço, com as mesmas especificações de produto, ao custo de R$ 160 mil ao ano.

Confira comparação de preços entre o contrato de 2019 e a licitação de 2020 | Foto: Editoria de Arte

Investigação: Governo apura financiamento estrangeiro de grupos antifas

A nova licitação das grades será realizada na próxima quinta-feira, dia 25 de junho. Segundo o Senado, o alambrado será alugado com o objetivo de “garantir a proteção do patrimônio físico do Congresso Nacional, a manutenção da ordem e a prevenção de ocorrências graves que coloquem em risco tanto a incolumidade física dos policiais quanto dos parlamentares, em dias de manifestações populares e grandes eventos cívicos realizados na Esplanada dos Ministérios”. Conforme as especificações técnicas do produto, as grades deverão ter altura de 1,1 metro a até 1,5 metro. Também serão confeccionadas em ferro e terão pontos de fixação ao solo, com distância máxima entre as barras internas de 18 centímetros. Serão adquiridos 60 mil metros de grades para cercar a Câmara e o Senado.

Leia na Revista Oeste: “O xadrez do Centrão”

Velho problema

A adoção das grades de proteção contra protestos já foi alvo de críticas, sobretudo por dificultar a livre circulação do cidadão pela Esplanada dos Ministérios. Elas passaram a ser adotadas primeiramente após os protestos em favor do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. Já em 2020, as manifestações vêm ocorrendo basicamente durante os domingos, em horários nos quais os parlamentares nem sequer estão na capital federal.

Especificações de serviços são semelhantes | Foto: Editoria de Arte

A licitação mais recente para esse serviço foi realizada em 11 de junho do ano passado. A empresa que apresentou os menores valores para a locação das grades de proteção foi a E.O. da Silva Multi Tendas Prestação de Serviços de Aluguel. Além disso, o contrato, no valor de R$ 160,8 mil, ainda está em vigência. Ele foi assinado em 30 de julho do ano passado e vencerá no próximo dia 29 de julho. A reportagem de Oeste manteve contato com a assessoria de imprensa do Senado para obter explicações sobre o aumento nos custos de locação de grades de proteção do Congresso Nacional. Contudo, não obteve retorno.

Confira o edital de licitação deste ano

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

3 comentários

  1. Se isso avançar teremos a maior prisão construida e povoada por quem se acha ladrão e assim precisa ficar atrás de grades e uma mensagem simbólica importante ne!

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site