STF retoma hoje julgamento da decisão de Fachin pró-Lula

Ministro anulou as sentenças contra o ex-presidente na Lava Jato
-Publicidade-
A PGR tenta reverter o entendimento do magistrado
A PGR tenta reverter o entendimento do magistrado | Foto: Ricardo Stuckert e Nelson Jr./STF

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) retoma nesta quinta-feira, 15, o julgamento da decisão pró-Lula do ministro Edson Fachin. Em março, o juiz do STF anulou as condenações do petista no âmbito da Lava Jato. Dessa forma, o ex-presidente se tornou elegível. Estão na pauta de hoje dois agravos regimentais: um apresentado pela defesa e outro pela Procuradoria Geral da República (PGR). Os advogados de Lula querem estender as decisões de Fachin, fazendo com que processos conexos percam o objeto de acusação. Já a PGR tenta reverter o entendimento do magistrado e cassar os direitos políticos do petista.

Leia também: “Dilma é absolvida pelo TCU no caso da refinaria de Pasadena”

-Publicidade-
Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

6 comments

  1. Ninguém está vendo a MANIPULAÇÃO DAS PESQUISAS DO PODER DATA?? Eles estão lançando números favoráveis ao Lula sempre em vésperas de votação ou depois de MANIFESTAÇÕES A FAVOR DO BOLSONARO. Absurdoooooo!!
    #PoderDataManipula

    1. Uma coisa é certa, desde que Bolsonaro tirou o Fabio Wajngarten da Secom e colocou um General, a “popularidade” do presidente vem caindo vertiginosamente nas “pesquisas”. Coincidência? Santos Cruz que o diga.

  2. Outra votacao de cartas marcads, nos poupem deste teatro, os caras subestimam nossa integligencia, temos um golpe articulado e nefasto em andamento, de implementacao do comunismo no Brasil, melhor quem não quer isto acordar e entrar nesta guerra, ai quero ver estes jornalistazinhos, artistinhas, verao o que é bom!!! viver realmente dentro de um comunismo, sem liberdade de imprensa, sem direito a propriedade, sem direito a religiao, toque de recolher, o povo todo na M e só os companheiros com grana.

  3. Qualquer que seja a decisão, não salvará a Lava Jato. O melhor cenário para o ladrão já aconteceu com a decisão tornando o juiz Moro suspeito. O mal continua vencendo o bem.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site