Tarcísio articula-se para destravar obras da Ferrogrão

O ministro do STF Alexandre de Moraes interrompeu a continuidade da ferrovia
-Publicidade-
Segundo o governo, a Ferrogrão está dentro da chamada "faixa de domínio"
Segundo o governo, a Ferrogrão está dentro da chamada "faixa de domínio" | Foto: Marcelo Casal Jr./Agência Brasil

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, atua para liberar o licenciamento ambiental da Ferrogrão, ferrovia considerada a principal rota de escoamento do agronegócio do país. Desde 15 de março, as obras estão paradas a mando de Alexandre de Moraes, juiz do Supremo Tribunal Federal (STF), que atendeu a um pedido do Psol. O magistrado argumentou que a ferrovia cortaria área de uma floresta protegida, o Parque Nacional do Jamanxim, no Pará. Além disso, “invadiria” terras indígenas. Recentemente, Tarcísio tem articulado-se de modo a reverter o entendimento de Moraes. Após conversas a dois, a expectativa é a de que o ministro do STF recue nos próximos dias.

“Marco das ferrovias é a próxima aposta do governo”

Segundo o governo, a Ferrogrão está dentro da chamada “faixa de domínio”, ou seja, distante das áreas de preservação ambiental e terras indígenas. Portanto, podem seguir adiante. O valor estimado de investimento na ferrovia é de R$ 12 bilhões. O projeto é visto como um divisor de águas no escoamento da produção no país, ao levar parte da carga do agro para os portos da região Norte, em vez de destinar toda a carga para os portos das regiões Sudeste e Sul. O governo aposta na ferrovia para facilitar o escoamento da produção de milho, soja e farelo de soja do Estado de Mato Grosso, além do transporte de óleo de soja, fertilizantes, açúcar, etanol e derivados do petróleo.

-Publicidade-

Com informações do Estadão Conteúdo

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

16 comentários

  1. Parabéns ao Ministro Tarcísio! Além de descongestionar as estradas para os portos do sudeste, também levará desenvolvimento e renda para os estados do norte! Somente quem é contra o desenvolvimento do Brasil travaria um projeto deste!

  2. O estrume não sabe nada nem da área que deveria entender e quer se meter em infraestrutura. Vá se ferrar! Esse tribunalzinho realmente só tem dejeto!

  3. Acredito que o ministro Tarciso saberá como contornar mais esse óbice, confio na capacidade dele de destravar os nós górdios.

  4. Governo heróico. O que esses caras estão enfrentando pra tentar governar de forma decente este País é um absurdo. E na minha visão, hoje, ogrande obstáculo é a imprensa. Mentiras, distorsões, avalanche de problemas imaginários que transformam em reais, impedem o governo atual de seguir sua plataforma governamental. Há toda uma cadeia de poder destinada a perverter a verdade e o objetivo todos nós sabemos. Nas universidades, nos sindicatos, nos tribunais, nas tribunas, no jornalismo durante décadas um trabalho de aparelhamento hoje mostra os resultados. NOtem que os srs. do STF sempre tomam decisões que agradam a globo, e geralmente são decisões indecentes.

  5. Isso é intervenção criminosa de uma nação estrangeira. Uma nação hostil ao mundo inteiro, globalista, tirana, que quer ver o mundo aos seus pés. Acorda presidente! Acorda mundo ocidental!

  6. Decisões monocráticas que o tal do Fux disse acabar e que precisariam ser tomadas pelo colegiado.
    Como entender que nossos guardiães da CONSTITUIÇÃO FEDERAL, criem tantas desordens CONSTITUCIONAIS movidos por inúteis parlamentares tipos Randolfes(REDE-AP penduricalhos do PT que votam contra todas as reformas necessárias para o pais, como a trabalhista, previdenciária, MP871 de combate a fraudes da previdência, Marco do Saneamento Básico, PEC EMERGENCIAL, ORÇAMENTO, enfim, autênticos despachantes do STF, para judicializar leis aprovadas. Mais ainda, suas especialidades profissionais são a criação de CPIs. e obstrução de votações.
    Quando conseguiremos uma reforma politica que reduza ao menos 50% dessa cambada de inúteis do LEGISLATIVO BRASILEIRO(Câm.Fed.,Assemb.,Câm.Mun) e a redução do SENADO FEDERAL a somente 1 senador por Estado? Para que 3 Randolfes?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro