-Publicidade-

‘Teremos mudança, sim, na Petrobras’, afirma Bolsonaro

Presidente também disse que política de preços 'não vai continuar sendo um segredo de Estado'
Presidente Jair Bolsonaro
Presidente Jair Bolsonaro | Foto: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro confirmou nesta sexta-feira, 19, que serão feitas mudanças na Petrobras. Em evento em Pernambuco, o chefe do Executivo voltou a garantir, no entanto, que “jamais” vai interferir na política de preços da empresa.

Bolsonaro cobrou maior previsibilidade nos reajustes dos combustíveis. “Faça-os, mas com previsibilidade, é isso que nós queremos”, pontuou.

Leia mais: “Brasil desiste de disputa com o Canadá na OMC”

“Anuncio que teremos mudança, sim, na Petrobras. Jamais vamos interferir nessa grande empresa na sua política de preços, mas o povo não pode ser surpreendido com certos reajustes”, disse o presidente em Sertânia (PE).

Na viagem, Bolsonaro afirmou também que política de preços “não vai continuar sendo um segredo de Estado” e que “exige e cobra transparência de todos aqueles que tem a responsabilidade de indicar”.

Na live da quinta-feira 18, o presidente informou que, a partir de 1º de março, impostos federais sobre o preço do diesel serão zerados por dois meses. Na ocasião, ele ainda afirmou que vai “algo vai acontecer” na Petrobras nos próximos dias.

O mercado tem reagido mal às declarações, e as ações da companhia operam em queda nesta sexta-feira.

Reajuste

A Petrobras reajustou nesta sexta-feira, 19, os preços da gasolina e do diesel nas refinarias. O litro da gasolina passará a custar R$ 2,48 (alta de R$ 0,23), e o do diesel, R$ 2,58 (aumento de R$ 0,34).

Em comunicado, a empresa destacou que mantém os preços alinhados aos do mercado internacional e que o valor nas refinarias não é o único componente na formação do que é pago pelos consumidores nos postos.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês