‘Vão prestar continência a um bandido?’, pergunta Zambelli a generais

Deputada federal pediu que Exército se posicione sobre atual momento político do país
-Publicidade-
Carla Zambelli gravou vídeo e o postou em rede social | Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados
Carla Zambelli gravou vídeo e o postou em rede social | Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados

Em um vídeo gravado na terça-feira 29 e publicado em uma conta no Instagram, a deputada federal Carla Zambelli (PL-SP) pede que os generais da ativa se posicionem entre sobre o momento político atual e, sem citar o nome, chama o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de bandido.

“E pergunto aos senhores: “Dia 1º de janeiro, senhores generais quatro estrelas, vocês vão querer prestar continência a um bandido ou à nação brasileira?”, questionou Zambelli.

Em pouco menos de dois minutos, ela desafia os generais da ativa a tomarem posição, dizendo que “não é hora de responder com carta se dizendo apartidário, é hora de se posicionar”, em referência a uma nota do Exército divulgada também na terça-feira.

-Publicidade-

“De que lado da história vocês vão ficar: do lado da história que quer implantar o comunismo e tirar as nossas liberdades ou do lado dos brasileiros que estão clamando ‘salvem nossas almas’”, perguntou a deputada, referindo-se ao “povo está na frente dos quartéis generais pedindo para que os senhores salvem nossas almas”.

Na nota divulgada na terça-feira, o Exército afirmou que os militares da ativa “são apartidários em suas condutas”. Era uma resposta ao comentário de Paulo Figueiredo, na Jovem Pan, que insinuou que o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, tem um “espião” dentro do Alto Comando do Exército, composto por 14 generais “quatro estrelas”.

Segundo o comentarista, o general Valério Stumpf, chefe do Estado-Maior, seria amigo de infância do secretário-geral da presidência do TSE, e estaria, juntamente com outros dois generais, Richard Nunes e Tomás Paiva, comandantes do Nordeste e Sudeste, respectivamente, atuando contra uma reação do Exército ao resultado da eleição presidencial, contrariamente à posição de militares de patente inferior.

A nota do Exército faz uma espécie de desagravo aos generais citados pelo comentarista. “Os oficiais-generais citados são homens honrados, profissionais dedicados e contam com todo o respeito, a amizade e admiração do Comandante do Exército e de seus pares. São militares ilibados e comprometidos com a ética profissional, comprovada ao longo de mais de 40 anos de profissão”, diz a nota.

No texto, o Exército também “lamenta profundamente especulações que só se prestam para inocular a discórdia e que em nada contribuem para a resolução dos problemas vivenciados em nosso País”.

 

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

32 comentários Ver comentários

  1. Entendo que as FFAA ainda vão nos acompanhar nas gigantescas e democráticas manifestações que faremos para impedir que esse suspeito eleito interfira nas estatais, afaste militares do poder e coopte políticos para a corrupção criando novos ministérios e secretarias. Não consigo entender os poucos militares que admirem esse totalitarismo da esquerda. Afinal, foram grandiosas manifestações verde amarelas, pacificas e democráticas que derrubaram a presidentA Dilma, e apoiaram reformas trabalhista e previdenciaria. Chega de achar que somos idiotas.

  2. A cada dia que passa fica muito claro que o “sonho” Bolsonaro foi um engano. Ele fez o povo acreditar que poderia sim ser dono de suas atitudes e que o estado não interferiria nisso. Fomos enganados. O problema que ele foi leniente com quem merecia apodrecer atrás das grades. Olavo de Carvalho já dizia, “quando vc não coloca um comunista na cadeia por seus crimes, ele arrumará uma forma de colocar VOCÊ na cadeia acusando-o destes mesmos crimes”.

  3. Forças Armadas ou “desarmadas como fala o ministro Fachin ? zombou das forças e não aconteceu nada, total falta de respeito e não aconteceu nada, deve ser medo que serem presos, receber multa do ditador xandão, assim como o capitão esta escondido garantindo salvar sua pele outros devem estar do mesmo jeito !! Brasil e suas instituições falidas – resta a nós trabalhar para pagar as altas mordomias para quem deveria estar zelando pelo bem da nossa nação.

  4. O país acabou, vão aprovar a PEC e daí esqueça congresso. Esse câncer só pode ser extirpado com procedimento invasivo e, o bisturi para isso está nas mãos da Forças Armadas, que ainda podemos escrever com maiúsculas

  5. Essa população que está manifestando nas ruas, e tenho muita simpatia por eles, deveria ter acordado bem mais cedo, quando aquele militante do MST, inventou aqula desculpa mais absurda de questionar o CEP do tribunal de Curitiba, mesmo já tendo passado por Porto Alegre e por Brasília em ambos CEP’s o vagabundo foi condenado por unânimidade e ninguém foi às ruas protestar. Então vão querer fazer isso aos 45 minutos do 2º tempo? Ora… vão chorar num lugar mais quente, de preferência debaixo de algum lençol, que é mais confortável. Agora já era! Vão ter que engolir o ladrão, com cachaça e tudo.

  6. Sei que esse assunto já está por demais batido mas quando vejo até pessoas ligadas à área jurídica e legislativa, falando abobrinhas, vou me manifestar:
    Art. 142. As Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, são instituições nacionais permanentes e regulares, organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do Presidente da República, e destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, POR INICIATIVA DE QUALQUER DESTES, da lei e da ordem.
    – Entende-se por poderes constitucionais o Executivo, Legislativo e Judiciário. Como o Legislativo e judiciário jamais acionarão esse artigo, (neste caso), resume-se a apenas ao Executivo, ou seja o BOLSONARO, ACIONAR ESSE DISPOSITIVO CONSTITUCIONAL. Então alguém diga a essa deputada analfabeta que não sabe interpretar um simples texto como esse, parar de falar besteira, incitando quem não tem prerrogativas para isso. Vá reclamar com o Bolsonaro!

    1. Além do mais, se qualquer um desses generais quiser dar uma de indisciplinado e não acatar o presidente da república, será imediatamente preso por ele, que é o chefe maior das FA’s. Agora, não sei se o Bolsonaro tem culhões para isso. A ver.

  7. FALOU BEM A NOBRE DEPUTADA! E COMO PERGUNTAR NÃO OFENDE, PERGUNTO:
    SE AS FORÇAS ARMADAS NÃO PODEM AJUDAR EM UM MOMENTO NO QUAL O POVO
    ESTÁ SENDO DESRESPEITADO, CHEGANDO AO CÚMULO DE UM DESLUMBRADO DIZER PARA UM CIDADÃO CONTRIBUINTE “PERDEU MANÉ, NÃO AMOLA”, PARA
    QUE ELAS SERVEM ENTÃO???????????????

  8. É preocupante, pra não dizer no mínimo, uma bomba, saber que existe Oficiais no alto Comando nas FFAAs fazendo jogo duplo. O Presidente Bolsonaro não é um Brasileiro comum.

  9. A muito que falo eles são 🍉🍉🍉🍉🍉🍉🍉
    E SERÃO A MAIOR VERGONHA DE NOSSO PAIS ,
    UM PRESIDENTE FICHA MAIS SUJA QUE GALINHEIRO
    E TODOS ALIADOS DELE TÃO SUJO QD ELE.
    MILITARES DE VERDADE ERAM DE 64 ,
    AS 🍉🍉🍉🍉🍉 NÃO FARÃO NADA.

    1. Pelo que entendi você dizer, toda a autoridade está no cargo. Se lhes tirarmos os cargos, teremos uma multidão de cidadãos medíocres. Então, para mim, isto se assemelha a uma mamadeira de bebê. Se tirarmos a mamadeira, só lhe resta chorar. É isto mesmo?

  10. Sinuca de bico.

    Essa questão que foi posta pela deputada, tem sido prevista por muitas pessoas desde que Lula foi libertado através da manobra de mudar a jurisprudência do STF sobre prisão após condenação em 2a instância, com destaque para Rosa Weber, que deu o golpe de misericórdia mudando o seu próprio posicionamento anterior.

    O próprio Bolsonaro, então, passou a alertar que não haviam soltado o corrupto à toa. Foi para levá-lo de volta à cena do crime. Todos os indícios apontavam para isso, inclusive a “descondenação” por erro de CEP e o escandaloso sepultamento do voto impresso auditável, que era entendido como a forma de garantir a soberania da vontade popular expressa através do voto. As ações tenebrosas dos militantes petistas no alto judiciário apontaram, sempre e descaradamente, para a garantia do sucesso desse plano macabro.

    As instituições que deveriam proteger o país de um golpe dessa magnitude, não o fizeram. Nesse conjunto, dentre outras, estão o Senado, a Câmara, a OAB e as Forças Armadas.

    Havia a ilusão de que o sistema degenerado ficaria intimidado pelo visível, impressionante e histórico apoio popular a Bolsonaro, e que isso inibiria o golpe, mas, para a esquerda cleptocrática essa era uma aposta de tudo ou nada, vida ou morte. Lhe bastava o apoio do crime organizado em todos os níveis, das elites narco-dependentes e dos parasitas de talento duvidoso. No caso de a eleição descambar para um confronto armado, ainda poderia contar com o exército do narcotráfico, o “exército de Stédile”, guerrilheiros urbanos disfarçados de torcida organizada ou black blocs, e com tropas estrangeiras de ditaduras companheiras. Sem apresentar programa de governo, Lula prometeu apenas radicalizar. Certamente se referia aos planos-ameaças permanentes do PT, do Foro de São Paulo e da “Pátria Grande”.

    O resultado da eleição não poderia ser diferente. Não deveria ter sido permitido que o país chegasse a esse ponto. Alertas não faltaram.

    De todas as instituições, as que estão em situação mais delicada com o que está por vir são as Forças Armadas. Pelo menos aquelas que nós sempre imaginamos serem o farol moral da nação.

    As Forças Armadas terão que resolver um grande paradoxo, como indicou a deputada:

    Como coexistirem a honra e o pundonor militar, com a subordinação à um bandido condenado e sua organização criminosa?

    Até onde eu consigo ver, só existem duas maneiras de resolver isso. Suprimindo a honra militar, ou suprimindo a subordinação aos bandidos.

    Eu ainda me apego à certeza de que as nossas Forças Armadas farão a escolha certa, mas sempre com o receito de ter uma insuperável decepção.

    Que Deus ilumine os nossos comandantes militares.

    1. BZ meu camarada. Triste realidade. Falou tudo. Desde quando o nine venceu me faço uma pergunta como poderemos fazer frente a eles. O grande jornalista Augusto N. tem uma participação significativa no tocante a comunicação, todavia precisamos de mais porque eles se tornaram maioria no diversos setores da sociedade de forma que estamos colhendo o resultado por despertar tarde. Penso que é hora de fazer igualmente prof. Olavo de C. e toda a equipe do A. Nunes.

      1. Penso dessa forma porque já temos a história pra provar isso 64 os MIL. assumiram todavia não se atentaram para o ensino nas universidades, cultura e a música, ou seja, muitas formas influência eles preencheram os setores da sociedade e enxertaram suas ideias de forma que prevalece na grande mídia e daí por diante.

  11. Sou apenas mais um, entre tantos que já conclamaram e se alguém tiver força,representatividade que levante um movimento forte convocando nossa nação ir p a rua o quanto antes gritar reevindicsr protestar caso contrário seremos engolidos por esses bandidos
    Acorda Brasil

  12. O grande detalhe é que o Sansao (Povo) ainda nao sabe a força que tem. Somos o unico poder no Brasil, basta a uniao do povao e tudo sera resolvido rapidamente. Srs vamos para a Tomada da Bastilha Brasileira. Basta de dialogo, vamos passar para a açao. O CORRUPTO E LADRAO NAO IRA SUBIR A RAMPA DO PALACIO DO PLANALTO, E QUANDO O POVO FALAR “”””NAO “””” TEM QUE SER NAO.

  13. Seria ainda mais indecoroso se as FFAA se omitissem em relação à fraude eleitoral, pois estariam prestando continência à mentira. Nunca mais poderiam prestar continência à Bandeira e ao Hino.

  14. Vão bater continência à um Vagabundo…… vergonha.
    Saudades de um João Figueiredo…. Xandão já estaria no Xilindró à muito tempo. Retirar dos os 11 vagabundos do STS. TODOS!!! Substituir por Juízes de verdade. De carreira e sugue a vida.

  15. Infelizmente a covardia das Forças Armadas neste momento é inaceitável. O que mais querem os militares sobre o que está acontecendo? Meu Deus será que não são claros demais os sinais do que está acontecendo com o Brasil: as pessoas estão pedindo socorro aos militares, talvez na única instituição em que ainda acreditam….SOS BRASIL

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.