Vereador de Duque de Caxias é assassinado a tiros no RJ

Joaquim Quinzé tinha 66 anos e era ex-PM
-Publicidade-
O agora ex-vereador Joaquim Quinzé | Foto: Reprodução/Twitter
O agora ex-vereador Joaquim Quinzé | Foto: Reprodução/Twitter

Joaquim José Santos Alexandre, o vereador Quinzé (PL), foi morto a tiros na noite do domingo 13. Ele tinha 66 anos. Segundo a Polícia Militar (PM), o crime ocorreu no limite entre Caxias e São João de Meriti, na Baixada Fluminense, na estrada São João-Caxias. Os agentes investigam o motivo e a autoria do crime.

Testemunhas relataram à PM que um homem em um carro branco efetuou disparos contra Quinzé quando o parlamentar descia de seu automóvel para visitar uma conhecida. Ex-PM, Quinzé ganhou uma cadeira na Câmara Municipal em 2020. O suplente Elson da Batata (PL) assumirá a vaga.

Leia também: “Há 20 anos, morria Toninho do PT, um dos fantasmas que rondam o partido”

-Publicidade-
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários

  1. Se um ex-PM, com toda sua experiência não foi capaz de perceber que estava sendo seguido ou não viu que estava caindo numa cilada, imaginem um cidadão comum com qualquer um de nós…

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro