Voto impresso auditável pode ser aprovado na Câmara antes do recesso

Previsão é do relator da proposta na comissão especial, deputado Filipe Barros
-Publicidade-
Deputado Filipe Barros | Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados
Deputado Filipe Barros | Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

O deputado Filipe Barros (PSL-PR) disse a Oeste nesta quarta-feira, 9, que a PEC que estabelece o voto impresso auditável deve ser aprovada na Câmara dos Deputados antes do recesso parlamentar, em julho. Ele é o relator da comissão especial que analisa o tema.

Filipe Barros espera apresentar seu relatório até o fim de junho para ser votado na comissão e assim estar pronto para ir ao plenário da Câmara. “Para sim ou para não, a Câmara tem que se manifestar”, defendeu. Depois, se aprovado, o texto ainda será analisado pelo Senado.

-Publicidade-

Leia mais: “Barroso afirma que, se Congresso aprovar voto impresso, TSE vai ‘tentar cumprir’”

À pergunta se as mudanças poderiam começar a valer já nas eleições de 2022, o deputado respondeu que a decisão será do Congresso Nacional. “Há quem propõe uma implementação gradual, existe outra vertente que defende uma implementação já neste momento de 100%”, afirmou.

Filipe Barros disse que está adotando “toda a cautela necessária” para que a proposta não corra o risco de ferir cláusulas pétreas da Constituição e, assim, ser barrada pelo Supremo Tribunal Federal. “O texto que vamos apresentar necessariamente tem que proteger o sigilo do voto e criar instrumentos para que isso não seja descumprido”, pontuou.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site